Padre manda Paulo Câmara ‘tomar vergonha na cara’ e respeitar a Semana Santa



“Os bons costumes da cultura pernambucana estão gradualmente indo água abaixo. Uma data que deveria ser marcada pela vida, morta e ressurreição de Jesus Cristo, uma das figuras emblemáticas mais conhecidas do mundo, hoje é lembrada com muita profanidade”.

As críticas foram feitas pelo Padre Cristiano Souza, da Paróquia de Macaparana, Zona da Mata de Pernambuco, da Diocese de Nazaré da Mata. O padre disse que o governador além de não ter ‘vergonha na cara’ não teria compromisso com a igreja. O religioso pediu para o governador refletir e um ‘anjo de Deus’ leve esse recado até ele.

Palcos que deveriam receber uma programação religiosa, hoje dão vez a artistas que em suas letras musicais trazem apologia ao uso de drogas e bebidas, além da vulgarização de mulheres e homens. O padre ‘rogou uma praga’ desejando que os eventos fossem um fracasso e que tivessem um prejuízo financeiro.

Acontece, que nem todos os religiosos e pessoas têm a coragem que o padre teve. “Expresso toda minha indignação com essa sem-vergonhice que o Governo do Estado está fazendo com nossa Semana Santa, podem ficar atentos às programações, é só Carnaval”, disse o religioso durante a santa missa.

Fonte: Blog Cauê Rodrigues

Postar um comentário

0 Comentários