DISCURSO DE GOVERNADOR DE PERNAMBUCO EM BOM CONSELHO FOI PAUPÉRRIMO

 

Quanto vale para bater palmas para político em praça pública? Um contrato? Uma boquinha na prefeitura? Uma babada para agradar o chefe-mor? Ou vão dizer que tudo foi de graça, por merecimento? É muita inocência!


É bom lembrar que nGrécia Antiga, os artistas que se apresentavam nos espetáculos teatrais pediam o aplauso do público para receber proteção espiritual. Em Bom Conselho, os "aplausos patrocinados" tem a mesma serventia?

Tem político em Bom Conselho que acha que todo mundo tem cara de palhaço... O que mudou em Bom Conselho com a vinda do governador? Lógico que nada! O circo foi montado, sim. As mentiras foram contadas de novo, sim. As promessas obsoletas foram prometidas de novo, sim. Interessante, tem uns políticos paraquedistas que chegam a terra de Papacaça contando "estórias", como se nessa aldeia num tivesse ninguém letrado. 


Vamos aplaudir! Mais aplausos... Pronto, a estrada que liga Saloá a rodovia frei Caetano de Messina/PE-218, passando pelo lixão de Bom Conselho (PE-223), que vem sendo anunciada a sua pavimentação pelo governo do estado de Pernambuco, já tem um santo protetor das causas impossíveis (e num era são Judas Tadeu), quem ouviu os discursos nem precisa citar nomes.

O que foi dito em Saloá, repetiram em Bom Conselho, em Terezinha, em Brejão e em Lagoa do Ouro. Mas qual foi a melodia mesmo? Que o governador autorizou a contratação de empresa de projeto de implantação da PE-223 (Saloá-Bom Conselho), um trecho de aproximados 25 km de distância. Pergunto, aonde está a espetacularidade disso por repetir tantas e incansáveis vezes? Mas você acha que essa obra vai sair a curto prazo? Vai não, mesmo. 

Se o governador de Pernambuco tinha alguma novidade para anunciar, não conseguiu, por que os que falaram primeiro tiraram as palavras do governador (mesmo sabendo que eram promessas obsoletas). O governador não prometeu mandar recuperar a rodovia que da acesso ao distrito de Rainha Isabel, mas o menino-prefeito, prometeu. 
O governador não prometeu resolver o problema da falta de segurança de Rainha Isabel, mas o menino-prefeito se adiantou na promessa se escorando que o governador irá aumentar o efetivo da PM no estado, etc.

O discurso do governador foi pífio e sem nenhuma novidade. Pelo tom de voz, demonstrou que não estava nada confortável no recinto. 

Quem pensa que promessas e discursos vazios desenvolvem um município está enganado.
Como escreveu o blogueiro JB Notícias: "Um governador prometer a aquisição de um aparelho de Raio X e Ultrasom como um grande feito de seu governo é enfeitar demais. Isso é obrigação de qualquer gestor seja ele municipal e/ou estadual. Impostos são arrecadados pra isso mesmo"!

As eleições estão próximas, ainda ouviremos muita melodia até lá. O cínico senador do PT que esteve em Bom Conselho, fez apenas ocupar espaço na caravana do Paulo Câmara, não somou em nada. Quem lá quer saber se Lula foi ou deixou de ir pra Bruxelas ou para o raio que o parta!

Para finalizar, cadê o protesto do povo de Rainha Isabel durante o tempo que o governador esteve na praça Dom Pedro II? Dias atrás, num estavam reclamando, desabafando nas redes sociais da insegurança que assola o maior distrito da terra de Papacaça? Num reclamam cotidianamente a precária situação da rodovia que da acesso ao distrito? Não reclamaram nada sobre o "asfalto película" que fizeram no trecho de 10 KM?

Por fim, ou povo de Bom Conselho aprende a reivindicar seus direitos ou vamos continuar sendo uma "ilhota de pensamentos", que não conseguem enxergar um palmo a frente do nariz.
Pense nisso!



Postar um comentário

0 Comentários