Bottom Article Ad

OMISSÃO DOS PREFEITOS DE PERNAMBUCO É PIOR QUE O LOCKDOWN DE PAULO CÂMARA



Cá, pensando friamente... Não vi até agora, um prefeito sequer indo de encontro com essas medidas hipócritas e irresponsáveis do governador Paulo Câmara, que demonstra claramente sua incompetência administrativa.

Os prefeitos do agreste meridional de Pernambuco calam-se, baixam a cabeça e não dão "um pio" sequer em favor do povo. Por que essa omissão toda? 

Um decreto sem base científica, temos um decreto a "bel prazer", um decreto meramente egoísta que afeta ainda mais a vida do trabalhador.

Por que o governador num encara o povo? Quer dizer, por exemplo, que as igrejas só podem funcionar durante o dia e a noite estão liberadas? Por ventura, Paulo Câmara é dono do coronavírus? O coronavírus está sob custódia dele? É Paulo Câmara que libera a hora do coronavírus atacar as pessoas?

Puta merda! Estamos lascados bem no meio.

O que os eleitores viram nesse camarada incompetente e sórdido, chamado Paulo Câmara? Por que as demais autoridades do Estado ficam todos calados? Por que o coronavírus não ficou somente para pobre não, rico, também está morrendo.

Nos municípios pernambucanos, começando por Bom Conselho, não existe discussão e não vemos ação para combater a pandemia. A nojenta classe política é a que mais estar tirando proveito dessa crise, que não é tão somente de saúde, mas de "muita falta de vergonha na cara" dos senhores gestores municipais e estaduais.

A omissão dos prefeitos alimentam ainda mais o ego do péssimo governador Paulo Câmara. Lockdown não é a solução. O povo está ferrado. Outra, o povo também tem culpa, que só sabe reclamar, não age como os nossos irmãos argentinos, que vão pra cima das autoridades com força, mesmo que sai suor ou lágrima.

Enquanto penso assim isoladamente, os profissionais da política estão seguindo a letra do Hino Nacional que diz, "Deitado eternamente em berço esplêndido, ao som do mar e à luz do céu profundo"...

Político não gosta do povo. Gosta de usa-los.

Pense nisso!

Postar um comentário

0 Comentários