BOM CONSELHO E O SEU POTENCIAL TURÍSTICO QUE ESTAMOS MOSTRANDO PARA VOCÊ COM UM OLHAR DIFERENCIADO - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

terça-feira, 28 de julho de 2020

BOM CONSELHO E O SEU POTENCIAL TURÍSTICO QUE ESTAMOS MOSTRANDO PARA VOCÊ COM UM OLHAR DIFERENCIADO

É andando pela região serrana de Bom Conselho que você vai encontrar vários atrativos turísticos, entre eles, ruínas de casas de antepassados. Essa, onde paramos para valorizar todo o contexto do Vale do Salgadinho, pertence a família do senhor Pedro Sinhá, agricultor que viveu muito tempo por essas bandas do lado oeste da terra de Papacaça.

Essa antiga casa, que hoje fica apenas as lembranças das histórias do passado, fica numa localização privilegiada, onde ao fundo podemos visualizar o vale do Salgadinho e toda a cordilheira que passa por Igreja Nova, Lagoa de São José, Amargoso e vai até a serra das Pias.

Não é em qualquer cidade que você encontra monumentos históricos interligados com a história do passado. Bom Conselho tem vários, que estão sendo mostrados agora através do projeto Poeta Viagens e Aventuras. 
O alta-mor da igreja de São Sebastião foi construído pelo mestre Véu Correntão, o telhado foi colocado  por Chico Correntão e toda a alvenaria inicial da igreja foi uma responsabilidade de João Correntão, antepassados da família do historiador Alexandre Tenório.

A centenária igreja de São Sebastião é uma das construções religiosas mais antiga da terra de Papacaça. A igreja de São Sebastião construída no ano de 1884, está de cara nova. Passou por uma nova pintura. Segundo historiadores, no ano 1934, essa igreja passou por uma reforma, há exatos 85 anos. 

Com novos relatos históricos sobre a Caverna dos Holandeses, voltamos dias atrás para conferir as informações e em breve um novo documentário sobre os mistérios que rondam a caverna.

No último final de semana, estivemos recebendo as presenças de Daniel Oliveira (advogado) e Roseni Trindade (trilheira), ambos da capital pernambucana. Eles vieram conhecer alguns atrativos turísticos de Bom Conselho e esse trilheiro os acompanhou o tempo todo. O roteiro de sexta a domingo foi muito intenso, inclusive, os levamos para a Caverna dos Holandeses, que foi explorada pela primeira vez no ano de 1909 por Carlos Vilela.

O jovem advogado recifense se esbaldou de alegria e felicidade em todo o roteiro traçado por esse trilheiro. De sul a oeste mostramos para ele todo o potencial turístico da terra de Papacaça, precisa urgentemente de uma nova administração, que saiba valorizar suas riquezas culturais e turísticas.

O geógrafo, Fábio Santos, esteve conosco acompanhando todo o roteiro turístico que elaboramos para os trilheiros vindos da capital pernambucana. Cedinho da manhã pudemos curtir um friozinho de 13 graus na região sul de Bom Conselho.

Foi com cordialidade que levamos os novos amigos para conhecer o potencial turístico de Bom Conselho. Uma coisa é certa, eles levaram grandes recordações do tempo que ficaram na cidade. Foram 36 horas de muita adrenalina turística.

Nas ruínas da antiga casa que morou o senhor Pedro Sinhá, encontramos no meio da vegetação arbustiva, vários pés de maxixe. Cucumis anguria, conhecido popularmente como maxixe, é uma planta rasteira ou trepadeira anual e de clima quente. 

Seus frutos comestíveis, chamados de maxixe ou galinha-arrepiada, têm casca verde, são ovalados e possuem pequenos espinhos moles e não pontiagudos. Suas sementes são achatadas. Uma panelada e maxixe é bom demais!

Essa casa abandonada, bateu saudosismo de quando morava no sertão alagoano. O cenário natural e a casa fazendo parte do contexto, nos trouxe grandes recordações. Quem passar pela serra das Flores, conhecerá pelo menos três ruínas como essa.

Da serra das Flores temos uma vista panorâmica do Vale do Salgadinho e uma amostra do final do planalto da Borborema em território alagoano.

Essa chapada da Borborema faz parte de um ecossistema com beleza inigualável. A estrada de acesso é a pé, de moto ou no lombo de animais. Esse trecho fica na linha divisória entre os estados de Pernambuco-Alagoas.

O lago Verde fica dentro do Vale do Salgadinho. Um tanque que conserva com abundância água das últimas chuvas que caíram em Bom Conselho. O torcedor do Santa Cruz, Daniel Oliveira, gostou de todo o cenário natural. No fim de tarde é comum encontrar garças bebendo água e se alimentando ao lado do pequeno açude.

Ardeidae é a família de aves pelecaniformes que inclui os socós e as garças. Vivem aos bandos, frequentam rios, lagoas, charcos, praias marítimas ou manguezais de pouca salinidade, e se alimentam principalmente de peixes, sapos e outros animais aquáticos. Essa, conseguimos fotografa-la após as 16 horas.

A cachoeira do Poço Escuro é uma das mais bonitas do município de Bom Conselho, praticamente 03 km de distância da divisa com o estado de Alagoas. Do alto pode-se ver que os cortes profundos nas rochas provocados pela ação da água e vento há milhões de anos, transformou o lugar num linda atrativo turístico.

A água que escorre pelas rochas são oriundas da nascente do rio Salgadinho, afluente do Velho Chico em pleno território bonconselhense. A cachoeira do Poço Escuro fica no leito do referido rio.

Presenciar o nascer do sol no pé da Serra Grande é outro momento ímpar. Para isso, bastar acordar cedo e sentir o vento puro e frio vindo do lado sudeste de Bom Conselho.

Quando da 06 horas da manhã você em ao alcance dos seus olhos esse cenário do vale do Salgadinho. Se você gosta de curtir a natureza, a região serrana de Bom Conselho é o lugar.

Acesse nosso portal de turismo, canal no youtube, Facebook, Instagram e demais redes sociais.

Nenhum comentário: