Câmara aprova Auxílio Brasil de R$ 600 só até o fim de 2022


A Câmara dos Deputados rejeitou, nesta quarta-feira (13/7), emenda apresentada pela oposição que buscava prorrogar a vigência do Auxílio Brasil de R$ 600 – um dos benefícios sociais turbinados na PEC dos Auxílios.


Neste momento, os parlamentares votam o último destaque do primeiro turno. Depois, a proposta seguirá para votação em segundo turno, em que são necessários 308 votos favoráveis para aprovação.

Antes, os deputados avalizaram a manutenção do texto legislativo que prevê o decreto de estado de emergência, que dá sinal verde para o governo injetar R$ 41,25 bilhões para turbinar auxílios sociais e criar novos programas.

Todas as propostas previstas na PEC tem caráter temporário e limitado ao exercício deste ano. Ou seja, os benefícios previstos por ela só terão validade até dezembro.

Veja os benefícios da PEC dos Auxílios:Auxílio Brasil de R$ 600 (o benefício atual é de R$ 400 e a proposta prevê aumento de R$ 200);
Vale-gás no valor de um botijão por bimestre;
Auxílio financeiro de R$ 1 mil para caminhoneiros autônomos de carga;
Auxílio financeiro para motoristas de táxi (valor ainda não definido).

Fonte: Portal Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários