Motorista que causou acidente e matou o jovem Pedro Caetano é indiciado por homicidio doloso


A polícia civil concluiu o inquérito e indiciou o infrator Edvanio de Oliveira Sena, 47 anos, por homicídio doloso, em decorrência do acidente provocado pelo mesmo, após invadir a contramão e bater sua caminhoneta D20 de frente com o Peugeot 207 do jovem Pedro Caetano, na BR 316, entre os municípios de Cacimbinhas e Dois Riachos.

O IP foi conduzido pelo delegado Guilherme Lusten e sua equipe da 4 Delegacia Regional de Arapiraca.

O radialista Rondon Caetano, pai do jovem Pedro, destacou o trabalho da Polícia Civil de Alagoas, no caso do seu filho: ” A equipe do delegado Guilherme Lusten fez um trabalho exemplar, não mediu esforços para colocar a disposição da justiça, com isenção, os fatos que ocasionaram a perda da vida do meu amado filho Pedrinho. Sou muito grato a essa honrada polícia.” Afirmou Rondon.

Pedro era considerado por amigos e familiares um jovem estudioso, bondoso e trabalhador, tinha uma extensa rede de amigos que logo após sua morte viralizaram pedidos de Justiça nas redes sociais.

O advogado de acusação, Dr Anderson Bruno Barros, informou que espera agora o Ministério Público apresentar denúncia para então o processo seguir para a comarca do Município de Cacimbinhas, onde deve ser julgado.

A assistente social Maria Izabel, mãe do Pedro, disse esperar Justiça no crime que vitimou seu filho: ” Eu espero do Ministério Público uma decisão firme e justa o homicídio do meu filho não pode ser mais um a ficar na prateleira da impunidade.” Afirmou Izabel

Postar um comentário

0 Comentários