A CONVERSA MOLE É GRANDE E O BLÁ-BLÁ-BLÁ É IMENSO

 

O cara ligar o rádio e ouvir conversa mole não faz bem aos ouvidos. Ora, a prefeitura divulgou que não teria réveillon em Bom Conselho, mas na virada de ano tinha paredão de som e a praça Dom Pedro II lotada de gente bebendo, farreando, um em cima do outro e ninguém usando máscara.

O poder municipal fez vista grossa. Esse negócio de evento liberado com 100, 300, 500, 1.000 pessoas, etc., e que vai ter controle, isso é BA-LE-LA. 

Aí, a pseuda-secretária de saúde vem dizer que a culpa é do pessoal que veio de fora e que o povo exagerou um pouquinho... O povo de fora vem visitar a família e não fica no meio de rua não!
Santa paciência!

Numa cidade séria, nem parque de diversão era para ter em praça pública. Não era para ter paredão de som coisa nenhuma e nem bingo, mas como "aqui tudo pode", como diz o nobre jornalista Luís Clério Duarte, então estamos vendo o resultado...

Num queriam festa? 
Num queriam farra? 
Num queriam dançar em praça pública?
Num queriam aglomeração?
Num queriam fazer self em praça pública mostrando o tipo de bebida preferida? 
Num compraram "roupa nova" para curtir a virada de ano na praça, achando que a pandemia acabou?
Então, os resultados estão ai!
Enquanto uns cuidam-se, outros caem na gandaia e jogam a pandemia fora. Esse é o saldo para todos. Ponto.

Postar um comentário

0 Comentários