CHUVAS EM 2022

 




Nos próximos meses, entre janeiro e abril, é considerado o período invernoso no sertão nordestino. Isto porque é nestes meses que se concentram as chuvas mais fortes na região e são os mais favoráveis para o plantio.

Na região, as mudanças climáticas não são pensadas somente através da meteorologia, mas também a partir dos chamados profetas das chuvas, também conhecidos como guardadores de experiências. São homens e mulheres que fornecem previsões para as suas regiões a partir da observação da natureza.

“Ser profeta das chuvas é uma grande experiência que fazemos com a natureza. Observando o tempo, observando os ventos, observando os animais, as plantas, a floresta, as formigas, todos os seres vivos da terra nós temos que ter observação”, é o que sente Antônio Zeferino, profeta das chuvas e agricultor da zona rural do município Pedro II, no Piauí, que já vem observando os sinais da natureza para as próximas chuvas. 
“A gente viu que quando a chuva passou agora em novembro, ela marcou chuva para o mês de dezembro. Ela ficou pendida e estamos esperando chuvas para dezembro”, prevê.

O ano de 2021, apesar de ter tido um volume de chuvas considerado dentro da média pelos meteorologistas, ainda assim não foi um ano bom de chuvas na região, com o aumento das áreas de seca grave nos estados do Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia, segundo dados do Monitor das Secas do Brasil.

Postar um comentário

0 Comentários