Bottom Article Ad

CONJUNÇÃO DA LUA E VÊNUS NA "CABEÇA" DA CONSTELAÇÃO DO ESCORPIÃO (por José Fábio - Geógrafo)

 CONJUNÇÃO DA LUA E VÊNUS NA "CABEÇA" DA CONSTELAÇÃO DO ESCORPIÃO: UM REGISTRO FEITO NA CIDADE DE BOM CONSELHO

por José Fábio - Geógrafo



   No início da noite de sábado, dia 09/10/2021, foi registrado a conjunção  da Lua com o Planeta Vênus.  A lua estava a oeste, pode ser vista a direita do brilhante  planeta Vênus. 

   Outro dado curioso,  Vênus e Lua se alinharam exatamente,  na cabeça da constelação do Escorpião,  uma constelação fácil de identificar e conhecida.  A constelação do escorpião abriga uma das maiores estrelas do Universo, a  estrela Antares. 

   Antares é mais  de 700 vezes maior que o Sol, ela é uma estrela Supergigante Vermelha  está extremamente longe,  a 550 anos luz da Terra. Você teve a oportunidade  ver a Lua, Vênus e Antares  no último sábado. 

    Vênus é o segundo Planeta do Sistema Solar, neste período,  ele é visto como um astro brilhante a partir das 18 horas (basta olhar na direção do pôr-do-sol), em outros períodos,  Vênus aparece na madrugada e é conhecido pela população, como "Estrela Dalva". A Lua é o Satélite natural da Terra e na ocasião da conjunção, se encontrava na transição da fase nova para crescente.  

   A Constelação do Escorpião é formada por estrelas distantes, que forma  o desenho que lembra um escorpião, no meio desse arranjo estelar, se localiza a Supergigante Vermelha Antares, que foi comentada acima. 

      O que explica a conjunção  é que a Lua em seu movimento ao redor da Terra, se alinhou  com o Planeta, este por sua vez, segue seu curso ao redor do Sol, como todos os Planetas do Sistema Solar.  E além disso, a órbita da Terra está em um ponto, de modo que a Constelação do Escorpião seja vista a oeste as 18 horas, isso favoreceu essa conjunção na "cabeça do escorpião".

    O céu noturno é belíssimo, tem inúmeros astros curiosos para serem observados e fenômenos de conjunções como este visto na Terra de Papacaça, no último sábado.

Postar um comentário

0 Comentários