Bottom Article Ad

VOCÊ CONHECE A TIBOUCHINA? VEJA AS PLANTAS QUE ENCONTREI NA ZONA RURAL DE BOM CONSELHO

As plantas suculentas são aquelas que possuem raiz, o talo ou as folhas engrossados para permitir o armazenamento de água em quantidades muito maiores que nas plantas normais.

Pelargonium é um gênero de plantas com flor que incluem aproximadamente 200 espécies de plantas perenes, de caule suculento, popularmente conhecidas como sardinheiras ou gerânios. São facilmente confundíveis com as espécies do género Geranium. Ambos os gêneros pertencem a família das Geraniaceae

Uma folha tão nutritiva quanto a fruta é a folha de mamoeiro, que tem inúmeras e variadas propriedades medicinais que vão desde benefícios para digestão até a prevenção de câncer.
É rica em rica em cálcio, magnésio, ferro, fósforo, manganês, vitaminas A, B1, C e E. Pode ser utilizada para o tratamento de doenças tropicais como a malária, dengue e icterícia.
Para o câncer, indígenas da Austrália revelaram o uso do suco das folhas de mamão trazem bons resultados para o câncer de colo do útero, de mama, fígado, pulmões e pâncreas.

Você sabe por que acontece a mudança da floração do pé de cajueiro?
Muitas angiospermas mudam de cor de acordo com a idade das flores (FERNANDES; VENTURIERI; JARDIM, 2012). Essa alteração na coloração pode estar diretamente relacionada com a sinalização das flores para o polinizador. Sendo assim, a coloração pode sinalizar presença ou ausência de recursos para polinizadores que apresentam mecanismos fisiológicos e neurológicos para detectar o sinal. Anacardium occidentale é uma planta nativa do Nordeste e seu cultivo é importante economicamente para o Brasil, principalmente devido à produção de castanha. 

As flores do caju mudam de branco para vermelho ao decorrer do tempo, sendo branca a fase com recompensa (WEISS, 1995). Dentre os vários polinizadores que visitam o caju, as abelhas são as mais importantes (FREITAS; PAXTON, 1996). O objetivo do presente trabalho foi avaliar a coloração das flores do caju (A. occidentale L.) na visão da Apis mellifera.

Você já ouviu falar na planta TIBOUCHINA?
Traduzido do inglês-Tibouchina heteromalla, conhecida pelo nome comum flor de princesa de folhas prateadas em inglês, é uma espécie de planta perene do gênero Tibouchina da família Melastomataceae. É nativo do Brasil.

Histórico

Sua primeira aparição foi no país da Guiana Francesa porém sua espécie só foi reconhecida 100 anos depois com a descoberta de outras espécies no Brasil. Vem sendo utilizada para a recuperação de áreas degradadas e na ornamentação pois se adaptam bem ao sol e dão flores de cor roxa.


Aqui em Bom Conselho você encontrar muitos pés de Tibouchina na região da Caverna dos Holandeses, região sul da terra de Papacaça.

Esse pé de hibisco-colibri encontrei no leito do rio Salgado. É uma planta comum onde tem solo úmido.

SAIBA MAIS

O malvavisco é uma arbusto grande, de textura lenhosa e que pode alcançar 4 metros de altura com facilidade. Seus ramos são eretos e bastante ramificados. As folhas são verdes, oval-lanceoladas e apresentam bordos serrilhados. 

É uma planta muito florífera e vistosa, com flores que podem ser vermelhas ou rosas, sempre pendentes e semi-fechadas, o que garante sua grande durabilidade em relação as flores de hibisco (Hibiscus rosa-sinensis).

É uma planta muito rústica, exigindo baixa manutenção. Presta-se para a formação de renques podados ou não, formando cercas-vivas e como planta isolada no jardim. As podas realizadas periodicamente estimulam um floração mais abundante e dão forma e aspecto compacto às cercas-vivas de malvavisco. 

O crescimento da planta é rápido a moderado, em comparação com outros arbustos. Atrai muitos beija-flores.

Fotos: Cláudio André O Poeta

Postar um comentário

0 Comentários