Pré-candidatos Givaldo do Sindicato e Piúta reafirmam que o PT caminhará com a oposição - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Pré-candidatos Givaldo do Sindicato e Piúta reafirmam que o PT caminhará com a oposição

Givaldo do Sindicato e Piúta

Os dois pré-candidatos a prefeito de Bom Conselho pelo PT, Piúta e Givaldo do Sindicato, realizaram reunião nesta quinta-feira, 29/01, para avaliar o quadro político local e impactos da eventual decisão do PT sobre a eleição na capital, quando reafirmaram que o partido formará com a oposição na disputa para a prefeitura.

As lideranças locais consideram que será importante que a direção estadual considere as decisões dos diretórios municipais, pois há cidades no interior do Estado em que não há como compor aliança com os governos atuais. 
“Aqui em Bom Conselho não vemos possibilidade de apoio à candidatura vinda do atual prefeito, acrescenta". 

O nosso compromisso é com a uma candidatura capaz de apresentar um projeto sério e viável para a cidade. Esse é o sentimento que temos nas conversas com as pessoas”, avaliaram durante a conversa com esse Blog.

A decisão de formar um bloco de oposição na opinião de Givaldo, atual presidente municipal do PT, traz também a necessidade de reflexão de lideranças e membros do partido que ocupem cargos na administração municipal. Pois como se sabe “há muitos equívocos na gestão atual, erros com os quais não concordamos e, ante a isto a ponderação do partido é para que deixem os cargos. 
Ponderação que serve também para a bancada na Câmara. Este é norteador que levaremos para avaliação da Executiva Municipal em breve”, disse o líder petista.

Ouvido sobre a questão, Piúta, expressou o que mais pareceu uma combinação com o atual presidente na legenda, sendo curto ao dizer “este me parece o melhor caminho”.

Não haverá disputa para definição do nome do partido para composição de chapa.

Para os que acompanham a discussão dos nomes decididos a disputar a eleição, sempre se questiona como será a solução do PT. 
Como em outras reuniões, tanto Givaldo, quanto Piúta consideram que o nome a ser apresentado para avaliação dos demais partidos, deve surgir do consenso sobre qual dos dois reúne maior potencial, o que poderá será definido a partir de pesquisa realizada pela direção estadual do PT, considerada pelos dois uma boa solução.

Os líderes petistas se comprometeram a propor critério parecido para os demais pré-candidatos, ou seja, que os partidos realizem suas pesquisas para definição acordada do nome que liderará a chapa da oposição. Eles consideram ainda que o tempo para afunilamento dos nomes dos pré-candidatos é a segunda quinzena de março.

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE