CASARÃO DA FLORESTA - UM ATRATIVO TURÍSTICO DE BOM CONSELHO DO SÉCULO XVIII - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

CASARÃO DA FLORESTA - UM ATRATIVO TURÍSTICO DE BOM CONSELHO DO SÉCULO XVIII

Em outras reportagens anteriores já descrevemos a história do casarão da Floresta localizado no sítio do mesmo nome, distante do centro de Bom Conselho apenas 24 km. Esse casarão é um construção do século XVIII, pertenceu a um primo do coronel José Abílio. 

O sítio Floresta tem uma reserva de mata atlântica com seus 400 hectares pertencente ao senhor Gonçalvinho e família. Nesta área a fauna e a flora são preservadas. A caça na Floresta é proibida. 

São várias árvores em extinção que são preservadas no sítio Floresta, como por exemplo, Pajeú, Sapucaia, Mirindiba, Ipê Amarelo, Sucupira, Caraibeiras, Barbatimão e tantas outras.

Há partes da floresta que foram reservadas para a pastagem para o gado. Nesse intervalo passa o rio Bálsamo com destino ao estado de Alagoas.

A fazenda Floresta fica pouco mais de 2,5 km de distância para a estrada principal que da acesso ao distrito de Rainha Isabel.

Nessa floresta é fácil localizar répteis rastejantes, de corpo alongado e sem patas, tipo, salamandras, jiboias, cascáveis. Em se tratando de aves, tem rolinhas, cabeças-vermelhas, codornizes, ararinhas-verdes e tantos e outros.

A locomotiva comprada na Inglaterra demorou quase um ano para chegar na zona rural de Bom Conselho. Ela foi utilizada para despolpar o café, fazer cachaça e rapadura.


Ainda na Floresta há nascentes perenes que jogam água para o rio Bálsamo. Distante dessa floresta uns 05 km está a barragem do Bálsamo com uma capacidade para 18 milhões de metros cúbicos. A referida barragem fica no povoado de Queimadas.
Como sempre, fomos bem recebidos por essa casal maravilhoso, seu Nivaldo e dona Bil. Pessoas simples, mas de um grande coração. Nos serviu um galo cozinhado e uma almoço delicioso. Obrigado pela recepção de sempre.

Essa turma gosta de uma "pituzinha" e acompanhado de um galo bem cozido, não tenha dúvidas que os litros secaram... Um pessoal simples, mas muito atencioso. Agradeço a cada um que nos recebeu tão bem no Casarão da Floresta.
Esse é um dos lados bons da reportagem!

Você quer conhecer o Casarão da Floresta? 
Entre em contato com nossa reportagem
WhatsApp (87) 9 8114-3061

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE