AS ROCHAS SEDIMENTARES E AS PINTURAS RUPESTRES DE 30 MIL ANOS DO SERTÃO DA BAHIA - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

AS ROCHAS SEDIMENTARES E AS PINTURAS RUPESTRES DE 30 MIL ANOS DO SERTÃO DA BAHIA

As aventuras ecológicas não param... Mais uma vez voltamos ao estado da Bahia. O sítio arqueológico do Circo Velho, zona rural de Santa Brígida, é o lugar ideal para vários tipos de aventuras, em especial para a realização de trekking.

As formações rochosas de arenito deixa claro que o intemperismo foi fator preponderante para deixar um cenário com rico potencial turístico.

Em boa parte do sítio arqueológico do Circo Velho existe rochas sedimentares e de minério de ferro. As rochas são agregados de um ou mais minerais. Desta forma, pode-se afirmar que todas as rochas são constituídas de minerais. É possível descobrir do que elas são feitas por meio da análise de sua composição química ou da composição mineralógica. Essa última expressa as diferentes proporções dos minerais que constituem a rocha.

As rochas sedimentares são rochas formadas através da deposição, e consequente cimentação ou consolidação de fragmentos provenientes de material mineral ou material orgânico. No caso do material mineral, os respectivos fragmentos, denominados de detrito geológico, são provenientes do intemperismo e da erosão.

O sítio arqueológico do Circo Velho é rico em história cultural e geológico. Quando você percorre os 40 hectares que pertence a uma propriedade particular, vai encontrar minério de fé, vegetação de caatinga arbustiva e ao mesmo tempo as marcas do homem pré-histórico deixadas entre 09 e 12 mil anos.

As geoformas são as mais variadas. Acima está uma rocha sedimentar de arenito, esculpida pela ação do intemperismo e erosão.


Os minérios de ferro são rochas a partir das quais pode ser obtido ferro metálico de maneira economicamente viável. O ferro encontra-se geralmente sob a forma de óxidos, como a magnetita e a hematita ou ainda como um carbonato, a siderita.

Somente um estudo mais aprofundado vai identificar os reais autores dessas pinturas rupestres. Sabemos que ainda hoje há uma grande diversidade de sociedades indígenas na Bahia, o Instituto Socioambiental (ISA) identificou 14 tribos. Há uma discussão na arqueologia para se saber quem mais deixou pinturas ou gravuras nas rochas, se os primeiros índios ou os homens pré-históricos.

Pinturas rupestres do sítio arqueológico Circo Velho, Santa Brígida - Bahia
“A arte rupestre é a denominação genérica dada aos desenhos elaborados na superfície das rochas pelas técnicas de pintura e gravura. Esse tipo de manifestação gráfica, presente nos cinco continentes, tem suas origens há mais de 30 mil anos”.


Pinturas rupestres do sítio arqueológico Circo Velho, Santa Brígida - Bahia
A história nos conta que, antes de os portugueses chegaram por aqui, o Brasil já era habitado por grupos nômades, caçadores e pescadores. O que ela se esquece de destacar é a riqueza do legado deixado pelos nossos antepassados, por meio da arte rupestre. As representações são diversas e abrangem desde figuras geométricas a cenas do cotidiano, como rituais, retrato de animais (zoomorfas), pessoas (antropomorfas) e plantas (fitomorfas). 

Pinturas rupestres do sítio arqueológico Circo Velho, Santa Brígida - Bahia
A história nos conta que, antes de os portugueses chegaram por aqui, o Brasil já era habitado por grupos nômades, caçadores e pescadores. O que ela se esquece de destacar é a riqueza do legado deixado pelos nossos antepassados, por meio da arte rupestre. As representações são diversas e abrangem desde figuras geométricas a cenas do cotidiano, como rituais, retrato de animais (zoomorfas), pessoas (antropomorfas) e plantas (fitomorfas). 


Pinturas rupestres do sítio arqueológico Circo Velho, Santa Brígida - Bahia
Essa é a  gruta onde você se depara com as obras de artes deixadas por nossos antepassados. Quem está nesse lugar tem uma vista privilegiada da BA-210 (rodovia que faz ligação com Rio-Bahia).

Pinturas rupestres do sítio arqueológico Circo Velho, Santa Brígida - Bahia
Para a pintura dos painéis, nos sítios arqueológicos, os principais instrumentos eram os próprios dedos, pincéis feitos de chumaço de pelos, penas ou gravetos. 

Pinturas rupestres do sítio arqueológico Circo Velho, Santa Brígida - Bahia
“A tinta vinha de pigmentos naturais, com destaque para produtos de origem mineral, como argilas, sendo a água o elemento-base para sua aplicação. Dentre as cores mais comuns, estão vermelha, amarela, preta e branca”, declara.

Nessa gruta do sítio arqueológico do Circo Velho é ponto culminantes para atividades religiosas.
A religiosidade nessa região do Nordeste é muito forte. O sincretismo religioso da Bahia decorreu da fusão de duas crenças religiosas: o Cristianismo (predominante entre os Portugueses) e o Candomblé (predominante entre as nações africanas que enviaram escravos para o Brasil).

QUER SABER MAIS
Acesse no Portal de Turismo

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE