AS AVES E OS ANIMAIS EXÓTICOS DA FAZENDA CAJÁ DO SERTÃO DO PAJEÚ/PE - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

AS AVES E OS ANIMAIS EXÓTICOS DA FAZENDA CAJÁ DO SERTÃO DO PAJEÚ/PE

Não é pato. É ganso. Essas aves, domesticadas há séculos pelo homem, têm uma relação de parentesco tão próxima que são classificadas como membros da mesma família, a Anatidae. Elas só se diferenciam nos gêneros e em suas respectivas espécies.  Dentro do quarteto, os patos são os mais numerosos, dividindo-se em mais de 90 espécies.

Brahma é uma raça de galinha asiática, que tem origem na região de Bramaputra na Índia. Essa raça encontrei na fazenda Cajá na zona rural de Flores, sertão do Pajeú.

O Broad Breasted White (peru branco) é comercialmente a raça mais amplamente utilizada de peru domesticado. Estas aves têm ossos da mama mais curtos e seios maiores, por vezes tornando-os incapazes de se reproduzir sem assistência humana.

O avestruz é uma ave não voadora, originária da África. É uma das duas únicas espécies vivas da família Struthionidae, do género Struthio e da ordem das Struthioniformes, juntamente com o avestruz-somali, reconhecido como uma espécie separada em 2014. O avestruz-comum é considerado a maior espécie viva de ave.

A lhama ou o lama, do quíchua llama, é um mamífero ruminante da América do Sul, da família dos camelídeos, gênero Lama. É um animal de pelagem longa e lanosa, domesticado para a utilização no transporte de carga e na produção de lã, carne e couro. A lhama é relacionada com o guanaco, a vicunha e a alpaca.

Na fazenda Cajá há também gado da raça Santa Cecília (gado nanico). A referida fazenda é modelo para as demais fazendas do Nordeste do País.

A vida não é somente trabalho. No segundo dia de pesquisas, fomos parar na sede da Fazenda Cajá, na zona rural de Flores. Por lá, estivemos com o proprietário da fazenda, Beto Medeiros (camisa preta), Clélio Diniz e Carlinhos do Alto. Muita boa conversa acompanhada de vinho e rapadura feita num engenho da região.

O ex-secretário de Agricultura de Flores, Beto Medeiros, mostrou sua habilidade com o berrante...

A sede da fazenda Cajá é centenária. São praticamente 300 hectares de terra produtiva. Na fazenda há criação de búfalos, nelore e tantos outros animais exóticos. Vale apena conhecer!

As lhamas vivem na cordilheira dos Andes, onde as temperaturas são baixas. Assim, as pelagens servem para protegê-las do frio, além de arranhões e outros ferimentos. 

A lhama é conhecida pelo seu estilo calmo, muitas vezes andando devagar, porém pode se irritar facilmente: por este motivo, foi considerada o oitavo animal mais irritável do mundo segundo o canal Animal Planet. Quando irritada ou para chamar a atenção, espirra seu muco na direção do objeto de sua irritação.

Nessas minhas andanças fomos parar na Pedra Furada, uma camada rochosa de arenito esculpida pela ação do tempo. A natureza levou milhões de anos para deixar essa beleza natural. Falta apenas as pessoas preserva-la.

PATROCÍNIO


Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE