Pai é preso por espancar bebê até a morte por não aceitar fato de ela ter nascido menina - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Pai é preso por espancar bebê até a morte por não aceitar fato de ela ter nascido menina

Um pai foi preso em flagrante por espancar uma bebê de cinco meses de idade até a morte, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. Segundo o Conselho Tutelar da cidade, a mãe da vítima contou que o marido, Augusto Silva da Cruz, de 23 anos, assassinou a filha, Debora Maria Sales da Silva, por não aceitar o fato de a criança ter nascido menina.

A Polícia Civil informou, nesta segunda-feira (20), que o crime ocorreu no bairro do Cajá, na periferia de São Lourenço da Mata, na sexta-feira (17). Augusto da Cruz foi levado para a delegacia da cidade e autuado por homicídio.

O homem passou por audiência de custódia, que determinou a prisão preventiva, de acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Ele seguiu para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana.

O Conselho Tutelar informou, no início da tarde desta segunda-feira (20), que o corpo de Debora foi liberado do Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, na área central do Recife. Uma tia do bebê autorizou a remoção do cadáver para permitir o enterro, marcado para o Cemitério de Santo Amaro.
do G1/PE

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE