Bottom Article Ad

CUIDADO COM OS ESCORPIÕES QUE VÃO BATER A PORTA DA SUA CASA ATÉ O DIA DA ELEIÇÃO

E você se encaixa em qual?
O Escorpião e o Sapo é uma fábula sobre um escorpião que pede a um sapo que o leve através de um rio. O sapo tem medo de ser picado durante a viagem, mas o escorpião argumenta que se picar o sapo, o sapo iria afundar e o escorpião iria se afogar. 
O sapo concorda e começa a carregar o escorpião, mas no meio do caminho, o escorpião, de fato, ferroa o sapo, condenando ambos. 
Quando perguntado por que o escorpião havia picado, o escorpião responde: que esta é a sua natureza e que nada poderia ser feito para mudar o destino.

PENSANDO BEM...
Traduzindo para a Política, o Sapo é o povo e o Escorpião é aquele político que chega na tua casa com sorrisos fáceis, o bonitinho da foto, a cara de inocente que o tratamos como o "bichinho é tão novo, é tão lindinho", etc.
Muitas vezes os eleitores (o sapo da fábula) só enxergam a "capa" do candidato e não tem a inteligência de pesquisar suas origens.
Essa fábula é muito real no nosso dia a dia, tem muito escorpião solto por aí e nesse período eleitoral, nem se fala. Nas famílias também encontramos os escorpiões, que são todos aqueles que "explicitam com os presentinhos" de natal, ou seja, passam o ano todo ferrando os outros e quando chegam nessa data, por exemplo, dão uma de sapo.
Diante de tudo isso...
Me veio agora a lembrança do livro “A revolução dos bichos” do escritor George Orwell, onde afirma que somente o "palavreado", "conversa bonita" do escorpião conseguiu convencer o sapo a lhe oferecer as costas (artimanha de político também). 
Como bem diz o Dr. House, em inglês, “People Never Change”, traduzindo, "Os escorpiões sempre vão ser escorpiões".
Pense nisso!

Postar um comentário

0 Comentários