Polícia prende suspeito pelo desaparecimento de jornalista e indigenista



A Polícia Militar do Amazonas prendeu, na manhã desta quarta-feira (8), um homem suspeito de envolvimento no desaparecimento do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips na região do Vale do Javari, na Amazônia. Amarildo da Costa de Oliveira, conhecido na região como "Pelado", foi detido na comunidade São Gabriel. 

Testemunhas relataram à polícia que viram a lancha do suspeito seguir na direção da embarcação do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, em um intervalo de dez minutos, nas proximidades da Comunidade da Cachoeira.

Ainda no documento, Amarildo é apontado com a pessoas que já havia ameaçado os desaparecidos e, inclusive, feito disparos de arma de fogo contra integrantes da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). Ele foi levado ao 50º Distrito Integrado de Polícia para prestar esclarecimentos.

 Às 17h desta quarta-feira (8), no horário de Brasília, a Polícia Federal deve realizar uma entrevista coletiva em Manaus para falar sobre o andamento das investigações.

Postar um comentário

0 Comentários