Sobe para 56 número de mortes confirmadas em Pernambuco

O número de pessoas que morreram em meio às fortes chuvas que atingem Pernambuco subiu para 56, informou o governo do estado na tarde deste domingo (29). Nove municípios a decretaram situação de emergência, entre eles a capital, Recife (confira mais abaixo).

Até o começo da tarde, segundo o governo estadual, 56 pessoas seguiam desaparecidas. Além disso, 3.957 estavam desabrigados, principalmente nos municípios da Região Metropolitana e na Mata Norte.

As chuvas castigam o estado desde a segunda-feira (23) e a primeira morte foi registrada na quarta-feira (25). As buscas foram retomadas neste domingo pelo Corpo de Bombeiros, Exército e moradores da região.

As cidades que decretaram situação de emergência, de acordo com o governo do estado, foram Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Moreno e Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana; e São José da Coroa Grande, Nazaré da Mata, Macaparana e São Vicente Ferrer, na Zona da Mata.

O decreto de emergência é o primeiro passo para que municípios possam ter acesso a recursos do governo federal, por exemplo.

Mais cedo, o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, já havia adiantado que equipes federais ficariam no estado para auxiliar nesse trâmite e agilizar o reconhecimento por parte da pasta da situação de emergência ou calamidade pública.

Para reforçar as ações e socorro à população, os 92 novos soldados do Corpo de Bombeiros que foram nomeados no sábado (28) já começaram a trabalhar neste domingo (29). O estado também recebeu bombeiros da Paraíba e profissionais de Minas Gerais, todos especializados no atendimento a casos de deslizamentos, segundo o governo estadual.

Além das forças de segurança estaduais, o Exército e a Marinha auxiliam nos resgates com cem e vinte profissionais, respectivamente, e seis embarcações.

Por Katherine Coutinho, g1 PE

Postar um comentário

0 Comentários