Responda a pesquisa do "tá quente, tá frio"...

 

Vocês lembram daquela brincadeira "tá quente, tá frio"? Uma pessoa escondia um objeto e outra após ter a "venda dos olhos" retirada, começaria a procurar... Quando estava próximo de encontrar, alguém diria se estava quente (perto), frio (longe) de finalizar a procura.

Por fim, o que vemos no período eleitoral, são pesquisas fajutas, nojentas, mentirosas, etc., para agradar tal político. Isso é comum em prefeituras... Como é que se tem uma análise de um prefeito, por exemplo, com apenas 30, 40 ou 120 dias de gestão, com índices alarmantes de 85 e 90% de aprovação?
É achar que todo mundo é besta. 
Isso é pesquisa de babão, só pode ser.

Postar um comentário

0 Comentários