POPULAÇÃO DE BOM CONSELHO USA O RÁDIO PARA RECLAMAR DE ESGOTO A CÉU ABERTO E CANOS ESTOURADOS

 

O ano novo entrou e o "migué administrativo" permanece mais vivo que nunca. O blog oficial da prefeitura divulgou em dezembro que a prefeitura teria cancelado a festa de réveillon, etc., e tal. Mas o que se viu na prática, foi uma multidão acumulada na praça, paredão de som topado, ninguém usando máscara, parque de diversão lotado, além da desorganização do trânsito. 

Várias pessoas foram flagradas "mijando", nos becos e ruas próximas a praça Dom Pedro II. Querem saber se é fake news o que denuncio aqui aos moradores nos arredores onde houve a festa de fim de ano em Bom Conselho.

Numa cidade séria, nem parque de diversão teria. O que adianta a "pseuda" secretária de saúde do município estar no rádio dizendo que já tem caso da influenza H3N2, se não há proibição de festa ou qualquer tipo de aglomeração no centro de Bom Conselho... Dois pesos, duas medidas...

Um outro "migué" existente em Bom Conselho é um tal de disque infraestrutura que não funciona para nada. A prova está a quantidade de ligações de populares para a rádio Papacaça reclamando da existência de canos estourados e esgoto a céu aberto na serra de Santa Terezinha, Pedra da Botija e outros logradouros da cidade  e a buraqueira que assola a cidade.

Cadê a operação tapa-buraco que num deu para tapar os buracos perto do açude da nação e no portal de entrada para quem está vindo de Alagoas? Faltou material? Quer dizer que fizeram uma operação tapa-buraco pela metade? Que coisa, não?!

Está comprovado a ineficiência e incompetência do secretário de infraestrutura e seu disque infraestrutura. Bom Conselho precisa de pessoas competentes na gestão pública. Se fosse o contrário de tudo que escrevi aqui, o povo não ligaria para a rádio e reclamando...

Interessante, que teve um morador da Pedra da Botija que ligou para o "Bronca e Elogio" da rádio Papacaça e confirmou que alguém da prefeitura foi lá e não resolveu nada. Pergunto, isso é sinônimo de quê?

Para encerrar, a população já está vendo o resultados das festas de fim de ano...
O momento não é propício para aglomerar.
Essa é a verdade! Ponto.

Postar um comentário

0 Comentários