Copeira é dopada e estuprada em Flores (PE); um dos envolvidos é parente de políticos da cidade



Mais um caso de violência contra a mulher repercutiu em Pernambuco nesta semana. Uma copeira de 29 anos foi dopada e estuprada por três homens, na cidade de Flores, próximo à Serra Talhada. A vítima trabalhava na Câmara de Vereadores da cidade.

Dois dos acusados pela Polícia Civil de Pernambuco estão foragidos: Heitor Santana, filho da vereadora Flávia Santana (PSB) e primo do prefeito Marconi Santana (PSB) e João Victor Alves, ambos de 18 anos. O terceiro é Josélio Siqueira, de 61 anos. Ele é o único a estar preso.

O crime

Segundo relata o Portal NE 10, a vítima havia feito um concurso no domingo, quando encontrou Heitor. Ela já havia sido babá do jovem e aceitou um convite para tomar cerveja com o filho da vereadora. Ela foi dopada e levada para um motel, onde ocorreu o crime.

Ainda de acordo com a irmã, um dos rapazes chegou a procurar a vítima para oferecer dinheiro para que ela saísse da cidade. Isso porque, a ação do trio foi filmada e compartilhada em aplicativos de mensagem. Diante da repercussão do vídeo, eles se sentiram pressionados e tentaram coagir a vítima.

Fonte: Waldiney Passos

Postar um comentário

0 Comentários