Bottom Article Ad

Combate à mosca-dos-estábulos em Pernambuco


O Diretor presidente da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro/PE), Paulo Roberto Lima, recebeu na semana passada representantes do Grupo Una Ambiental para discutir possíveis ações integradas de enfrentamento e redução dos danos causados pela mosca-dos-estábulos. 

A primeira atividade concreta é a realização do 1º Encontro Pernambucano de Combate à mosca-dos-estábulos (ENPECOM), que acontecerá em 30/10 na cidade de Barra de Guabiraba. A Adagro apoia a comissão organizadora na formatação e conteúdo das palestras.


A cama de aviário, conhecida como “cama de frango” pode ser usada apenas como adubo orgânico. O tratamento para eliminar agentes patógenos, o transporte e a utilização na adubação do solo são regulamentados pela Portaria Adagro Nº 31 (maio/2014), que visa combater a ocorrência da praga nas áreas próximas aos plantios.

A praga conhecida como mosca-de-estábulo alastrou-se em Pernambuco nos últimos 10 anos. A mosca é atraída pela “cama de galinha” que é largamente utilizada como adubo orgânico nas plantações, sobretudo de inhame nas regiões da Mata e Agreste. 

A infestação das moscas foge à região do plantio e se estende às áreas adjacentes causando prejuízo econômico aos criadores de bovinos e equinos, bem como transtornos aos moradores e aos animais domésticos.

Postar um comentário

0 Comentários