Bottom Article Ad

12 mil divórcios são registrados em Pernambuco durante pandemia



A Defensoria Pública de Pernambuco anunciou que quase 12 mil divórcios ocorreram durante a pandemia da covid-19 no estado. Segundo o órgão, ocorreram 1.113 ações na Capital e 7.242 no interior durante o período, considerado um recorde.

Os dados do Colégio Notarial do Brasil apontam que houve um aumento de 15% na taxa em 2020. Foram contabilizados ao todo 43,8 mil divórcios. Entre maio e junho, os casos chegaram a 5.306. Durante esse período, em Pernambuco, a taxa chegou a 80%.

Nos cinco primeiros meses de 2021, já são 29.985 separações no Brasil.

Em maio de 2020, a Corregedoria Nacional de Justiça editou a Portaria nº 100 e autorizou que os atos ocorressem de forma remota. A edição incluía os divórcios, desde que o processo não incluísse pendências em questões de guarda, nem entraves ligados a visitas ou alimentação dos filhos.

“Notamos que durante a pandemia, com o teleatendimento, os assistidos entendem que dessa forma vão resolver mais rápido suas questões, pondo fim àquela relação,” disse a subdefensora cívil do Recife, Jeovana Colaço.

Postar um comentário

0 Comentários