Bottom Article Ad

LANCHA MOXOTÓ NAUFRAGOU NO ANO DE 1917 PRÓXIMO A ILHA DE BELMONTE/SE (ASSISTA OS VÍDEOS)



O projeto Poeta Viagens e Aventuras chegou a ilha do Ferro para contar para todos como foi o naufrágio da embarcação Moxotó no ano de 1917 quando foi atingida por uma tempestade quando navegava pelo rio São Francisco. Travessia de barco e conhecer a ilha, foram experiências vivida pelo documentarista Cláudio André O Poeta em pelo menos dez reportagens.

Assista a primeira agora!


Nessa segunda reportagem contamos detalhes de como foi o naufrágio da lancha Moxotó, ou chata, como é conhecida... Com o naufrágio, morreram 15 pessoas, entre passageiros, coronéis e políticos importantes da região de Pão de Açúcar, distante quase 20 km de onde ocorreu o sinistro há 104 anos.

Veja a segunda reportagem!


Nessa reportagem, o documentarista Cláudio André O Poeta, mostra como é subir o morro da Ilha de Belmonte que fica dentro do rio São Francisco. De cima há uma vista panorâmica maravilhosa. Para chegar no topo, primeiro passa por uma subida bastante elevada ao meio de uma vegetação puramente de caatinga. No morro tem um cemitério, onde vitimas do naufrágio foram enterradas.

Assista a terceira reportagem!


Nessa reportagem, o documentarista, Cláudio André O Poeta, vive uma emoção diferente, fazer uma travessia pelo Velho Chico de Canoa, tudo para chegar ao exato local do naufrágio da lancha Moxotó, no dia 10 de janeiro de 1917, quando navegava pelo rio São Francisco, próximo ao povoado de Bom Sucesso, zona rural do município de Poço Redondo, Sergipe.
Veja como foi a aventura!

Postar um comentário

0 Comentários