Bottom Article Ad

Gasolina tá cara? Confira 5 dicas simples para economizar combustível


Passou a vigorar ontem o sexto aumento no preço da gasolina apenas em 2021. O preço médio do combustível pago pelos distribuidores nas refinarias passou de R$ 2,60 para R$ 2,84 o litro, um reajuste de 9,2%. No caso do diesel, o preço no litro foi de R$ 2,71 para R$ 2,86, elevação de 5,5%.


De aumento em aumento, o valor da gasolina já foi reajustado em 54,3% ao longo do ano. No início de 2021, o valor pago pelos distribuidores nas refinarias era de R$ 1,84, ou seja, R$ 1 mais barato.

De aumento em aumento, o valor da gasolina já foi reajustado em 54,3% ao longo do ano. No início de 2021, o valor pago pelos distribuidores nas refinarias era de R$ 1,84, ou seja, R$ 1 mais barato.

Ainda não se sabe o impacto de mais este reajuste na bomba de combustível, mas, segundo pesquisa de preços divulgada pela Ticket Log, ao longo do ano, a gasolina teve reajuste de 8,65%. Enquanto o preço médio do litro do combustível no início do ano era de R$ 4,69, no fim de fevereiro esse valor já foi de R$ 5,10.

De acordo com a pesquisa, o preço da gasolina ultrapassou a barreira dos R$ 5 em 20 Estados brasileiros, valor que ainda não havia sido registrado nas médias nacionais desde o início da série histórica da Ticket Log, iniciada em 2011. Já o etanol alcançou o preço médio de R$ 3,89 nas bombas.

Diante disto, além de mais um sem número de produtos e serviços que fizeram o custo de vida no Brasil decolar, só nos resta poupar combustível. Separamos algumas dicas simples que certamente farão a diferença no fim do mês.

5 dicas para economizar combustível

  1. Elimine o peso morto: comece os trabalho se dirigindo até a garagem para conferir se você é um acumulador de porta-malas. É comum encontrar pessoas que esquecem no compartimento de bagagem roupas, calçados ou peças velhas que só servem para aumentar o peso do veículo, fazendo o carro gastar mais combustível.

  2. Confira os pneus: outra coisa que você mesmo pode fazer é conferir a calibragem dos pneus. Ao rodar com eles vazios, a resistência à rolagem aumenta, assim como o consumo de combustível.
  1. Racionalize o uso do ar-condicionado: se a temperatura estiver agradável e seu trajeto for seguro, abra as janelas para se refrescar. Só a mudança de hábito de regular o ar-condicionado para uma temperatura acima da mínima já vai melhorar o consumo. 

  2. Mas, se você estiver na estrada, onde a velocidade média é maior, saiba que manter os vidros fechados contribui para diminuir a resistência do ar, compensando o consumo do ar-condicionado ligado.

  1. Repense sua forma de dirigir: a mudança de atitude do motorista ao volante também é fundamental para poupar combustível. Assim, substitua as acelerações bruscas pelo ganho gradual de desempenho. Na hora de trocar marchas, não estique demais as rotações do motor, mantendo-as em uma faixa econômica.
  1. Fique de olho na manutenção: a manutenção regular do veículo também é importante. A troca de itens básicos como velas, filtros e óleo garantem uma queima mais eficiente da mistura, economizando combustível. 
  2. Um simples filtro de ar entupido pode aumentar o consumo em 10%. Outra manutenção importante é o alinhamento, já que suspensão e direção desalinhadas aumentam a resistência à rodagem dos pneus, fazendo o carro “beber” mais.

Postar um comentário

0 Comentários