O ANOITECER NA SERRA DA BAÊTA É PURA MANIFESTAÇÃO DA NATUREZA - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

quarta-feira, 4 de novembro de 2020

O ANOITECER NA SERRA DA BAÊTA É PURA MANIFESTAÇÃO DA NATUREZA

A lua vista de cima da serra da Baêta. Não poderia ser melhor finalizar uma trilha e você pode enxergar a manifestação da natureza. Quando estávamos descendo o cume da serra fomos agraciados com esse presente, a lua brilhando no lado leste de Bom Conselho.

A partir que a noite foi chegando, tudo foi se transformando. O contraste do anoitecer com a vegetação em volta, deixou a pedra da Cabeça com essa sombra. Era por volta das 18 horas quando fiz esse registro fotográfico.

As formações rochosas localizadas na serra da Baêta ainda estão em transformação devido a ação do intemperismo.

Esse maciço rochoso granítico faz parte do exibicionismo da natureza no cume da serra da Baêta.

Em função do clima semiárido da região onde se encontra, a vegetação da Caatinga costuma ser bastante seca, com espinho e pouquíssimas folhas. 

vegetação é formada por plantas adaptadas ao clima seco, em que ocorrem poucas chuvas. As principais espécies são o Mandacaru, o Xique-xique, a Aroeira e a Braúna.

Para chegar a esse paredão rochoso da serra da Baêta é preciso coragem, por que a altitude de 750 metros faz o vento bater na gente com força.

Não tem coisa melhor do que contar história, mas verdadeira. Não esqueça que bioma caatinga é exclusivamente brasileiro, o que torna seu patrimônio biológico único no planeta. Apesar de estar localizado em área de clima semi-árido, a caatinga apresenta grande variedade de paisagens e de biodiversidade. Muitas das suas espécies são exclusivas.
A rocha denominada de DEDO DE DEUS, localizada na serra da Baêta, oeste de Bom Conselho, mostra claramente a evolução e a formação do planalto da Borborema no município.

A realização de estudos direcionados ao conhecimento geológico é de extrema importância para saber quais são as principais jazidas minerais e sua quantidade no subsolo. Tal informação proporciona o racionamento da extração de determinados minérios, de maneira que não comprometa sua reserva para o futuro. 
O vale do Traipu é local ideal para esse tipo de estudo.

Nenhum comentário: