A CONTA IRÁ PARA OS POBRES, DIZ ALEXANDRE PIÚTA EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DO RECIFE - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

segunda-feira, 25 de março de 2019

A CONTA IRÁ PARA OS POBRES, DIZ ALEXANDRE PIÚTA EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DO RECIFE

Durante a Audiência Pública na Câmara Municipal do Recife, nesta segunda-feira, 25.03, evento organizado pelo Vereador João da Costa, PT, na Câmara de Vereadores do Recife, com a presença de vereadores, do Senador Humberto Costa e da Deputada Federal Marília Arraes e representação da sociedade, para discutir as propostas de mudanças apresentadas pelo Governo Federal para a Previdência, Piúta asseverou que a conta da reforma está sendo mandada os pobres.

Expositor do evento, Alexandre Piúta, fez a palestra “Previdência: Os sistemas de outros países e os impactos da Proposta de Reforma”, onde destacou como funciona a previdência em outros países e a forma de benefícios. Abordou ainda sobre os principais pontos da Reforma da Previdência apresentada pelo Governo e as consequências para as pessoas. Alexandre disse que a reforma do Governo mira nas pessoas mais pobres, quando suprime direitos em série, aumenta tempo de contribuição, diminui as pensões e pior, possibilita que haja benefícios menores que o salário mínimo.


Durante entrevista ele afirmou que “o governo não diz a verdade quando afirma que os pobres serão beneficiados, pois a maior parte da reforma representa de redução de direitos e benefícios. Disse ainda que a alteração da regra de contribuição anunciada como justiça para os mais pobres, em verdade representa R$ 4,99 de economia, enquanto o governo ataca benefícios e direitos, é um absurdo.”, disse Alexandre Piúta.
Ele alertou ainda que os trabalhadores rurais serão os mais prejudicados, junto com as pessoas desamparadas que recebem benefícios de prestação continuada – BPC que só terão o benefício aos 70 anos.

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE