SÍTIO ARQUEOLÓGICO DO CIRCO VELHO NO SERTÃO DA BAHIA TEM RASTROS DO HOMEM PRIMITIVO - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

domingo, 23 de dezembro de 2018

SÍTIO ARQUEOLÓGICO DO CIRCO VELHO NO SERTÃO DA BAHIA TEM RASTROS DO HOMEM PRIMITIVO

Sete horas da manhã acordar num lugar assim, ouvindo o canto dos pássaros, o som do vento e respirando ar puro, não tem preço.

No sítio Circo Velho, zona rural de Santa Brígida/BA, localizei uma rochas com muitas geoformas cravadas no solo pedregoso no meio da caatinga.

A pedra que tem a geoforma de uma cobra de duas cabeças chama atenção pela beleza natural.

O norte da Bahia, onde está localizado o sertão baiano, é muito rico geologicamente falando. São rochas sedimentares produzidas há milhões de ano. Uma mistura de argila com arenito, deixa as rochas ainda mais bonitas. 

A pedra da Caçamba é uma rocha feita por argila e arenito devido a ação vulcânica no fundo do mar há milhões de anos.

Como choveu muito em todo o estado da Bahia, especialmente no sertão, a mistura do verde da caatinga com as cores dos líquens nas rochas deixa o meio ambiente ainda mais com vivacidade.

Estive visitando o senhor Severo Lima, grande líder comunitário da comunidade do Circo Velho, mostrou que sua propriedade tem grande potencial turístico.

Com a chuva que caiu nos últimos dias, os açudes e caldeirões nas rochas estão cheios d'água, servindo de bebedouros naturais para o consumo animal.

Os links de cor alaranjada são micro-organismos que estão cravados nas rochas e serve como purificadores do ar.

Logo cedo da manhã estive nesse santuário ecológico cravado no sertão baiano, há pouco mais de 20 km da cidade de Paulo Afonso, conhecida por Terra da Energia.

PATROCÍNIO





Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE