SERRA DO ENCANTADO: REGIÃO SERRANA DA PARTE SUL DE BOM CONSELHO (por José Fabio dos Santos Bezerra) - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

SERRA DO ENCANTADO: REGIÃO SERRANA DA PARTE SUL DE BOM CONSELHO (por José Fabio dos Santos Bezerra)

Professor Fábio no cume da serra Encantada

SERRA DO ENCANTADO: REGIÃO SERRANA DA PARTE SUL DE BOM CONSELHO
José Fabio dos Santos Bezerra
     

INTRODUÇÃO

No domingo, 30/08, juntamente com o radialista Cláudio André O Poeta, foi feito um trabalho de campo na "Serra do Encantado". 


A serra está localizada próxima ao distrito de Lagoa de São José, margeando um dos trechos da PE-218, que liga o estado de Alagoas com Pernambuco e nas proximidades da estrada que dá acesso ao distrito de Rainha Izabel. Ao lado estar a formação geomorfológica intitulada de serra de "Zé Preto" cuja a altitude passa dos 1000 metros, portanto, uma das serras mais altas do município de Bom Conselho.

O objetivo desse texto é descrever um pouco a Geomorfologia da região, relatar a experiência de campo. É objetivo desse texto comentar um pouco das potencialidades do lugar, como produção e atrativos. 

Uma vez que o sistema rodoviário próximo a serra é um fixo importante para o fluxo de mercadoria e pessoas entre a cidade de Bom Conselho e os distritos de Rainha Izabel e Lagoa de São José.

Pesquisador Cláudio André O Poeta vivenciando as belezas naturais que ficam no entorno da Serra do Encantado.
Usa-se o termo estratégico aqui por considerar que a parte sul e sudeste de Bom Conselho é um região produtora de frutas, pescados, produção agropecuária, queijarias  e além disso, é um ponto que se comunica com o estado de Alagoas. 

Geograficamente falando, é uma região estratégica por sua atividade socioeconômica, por ligar aos pontos de atrativos turísticos e também por ser porta entre Pernambuco e outros Estados Brasileiros devido a BR que permite o fluxo de carga e fluxo de pessoas.

Vista da estrada que da acesso ao distrito de Rainha Isabel
A serra é coberta por pastagens evidenciando assim a presença da agropecuária, devido ao clima relativamente um pouco mais úmido, há vegetação que sugere Mata Atlântica, mas, a ação antrópica é evidenciada na paisagem. Na superfície das rochas, foi possível observar a presença de seres vivos como os Líquens  (associação de alga e fungo) que produzem belos desenhos na superfície  rochosa.


José Fabio dos Santos Bezerra - Geógrafo

GEOMORFOLOGIA DA REGIÃO

A região Serrana da parte sul do município de Bom Conselho é marcada por um complexo de serras, trata de um relevo ondulado com formações arredondadas devido ao Planalto da Borborema. 

Do alto da Serra do Encantado é possível se observar a depressão sertaneja em Alagoas. A oeste dessa serra se encontra a comunidade do "Amargoso" e o Vale do Salgado.
       
O relevo da região é modelado pelos agentes exógenos como ação da água, vento, ação antrópica e atividade dos seres vivos. Esses agentes são importantes modeladores de relevo e vem escupindo a Borborema ao longo de muitos anos. 

São graças a esses mecanismos que atuam que é observado nas serras um formato ondulado. A Morfogênese do relevo se deve ao dobramento antigo no período em que a América estava unida com a África e a sua modelação se deve pelos agentes citados acima.

Cláudio André O Poeta - Idealizador do Projeto Poeta Viagens e Aventuras

A morfoestrutura do relevo, por sua vez, por pertencer a região da Província da Borborema apresenta rochas cristalinas com formações graníticas. Inclusive, foi visto em campo exemplos de granitos, muitos deles com sinais de intemperismo devido aos agentes exógenos que atuam nelas. 

Além de rochas magmáticas intrusivas como as graníticas, na região da Borborema se pode encontrar rochas metamórficas como os Quartzitos, Gnaisses, rochas ricas em biotitas, Xistos e Migmatitos.
Rochedo granítico localizado no cume da serra do Encantado

Outra importante função do relevo no qual está inserido a Serra do Encantado é a de divisor de águas, ou seja, ela separa as drenagens do Rio Salgado que faz parte da Bacia do Traipu (Tributário do São Francisco) das drenagens correspondente a da Bacia do Paraíba do Meio. Pois como já foi discutido em outros textos, o município de Bom Conselho apresenta um relevo que serve de divisor de águas entre duas bacias de drenagens (Bacias Hidrográficas).

Cláudio André O Poeta - Pesquisador e trilheiro
POTENCIAL ESTRATÉGICO E TURÍSTICO
Quando se faz uma análise geográfica de uma lugar, deve se considerar o todo, desde aspecto físico a aspecto antrópico. Pois a Geografia é sistêmica por natureza. Eis a razão de que o geógrafo precisa ter noção de áreas específicas do conhecimento como: Climatologia, Geologia, Geomorfologia, Economia, Agrária, Cartografia, Urbano e Rural, Sociologia, Biogeografia, Hidrogeografia, Geografia Política e outras para poder olhar o Espaço Geográfico de modo holístico, afim de examinar a fenomenologia de todo processo dinâmico. Em outras palavras o geógrafo busca entender a interação entre sociedade e meio; e a configuração dos sistemas. 
 
Sítio Amargoso/PE com vista para o vale do Salgadinho e Serrote do Vento/AL
A região próxima à Serra do Encantado possui estradas que permite a escoamento de produção da Rainha Izabel, além do acesso à Alagoas. É também importante a presença de corpo d' água nas proximidades da  Serra de "Zé Preto" e da Serra do "Encantado", essas reservas hídricas é interessante para a pecuária local.

Além da criação de gado, presença de pastagens, pode se citar a queijaria local. O queijo produzido na Lagoa de São José possui um sabor que permite ser definido como um dos melhores queijos de Bom Conselho.

VPE-214 - Rodovia estadual que da acesso ao distrito de Rainha Isabel
No que diz respeito ao potencial turístico, a região dá acesso ao "Poço da Nega", Barragem, cachoeira do Tamanduá, Amargoso e a "Cachoeira do Poço Escuro" graças as estradas que dão acesso. Alem disso, a própria Serra do Encantado possui as suas potencialidades próprias devido a "Furna de Maria Dantas" e todo o seu contexto que pode ser atrativo turístico.

CONCLUSÃO
       
Conclui-se que a Serra do Encantado tem todo um contexto por trás, devido a história em torno da "Furna de Maria Dantas" essa "Maria Dantas" moça bonita que seduzia e que foi uma suposta coiteira de Lampião. Por essa razão, esse aspecto faz da serra um possível potencial turístico.

Para que essa potencialidade seja desenvolvida, é preciso uma ação política e um detalhado levantamento histórico. Existe todo um processo e investimento que é necessário para desenvolver as potencialidades de um lugar. O mesmo se aplica no contexto do "Poço da Nega" que é outro lugar com potencial a ser visto.

A Serra do Encantado faz parte de um conjunto de serras da parte sul do município de Bom Conselho que funciona como divisor de água das bacias de drenagem do Traipu que é afluente do Rio São Francisco  e da bacia do Paraíba do Meio. Textos anteriores já elucidaram sobre as bacias de drenagem de Bom Conselho assim como a sua localização.
Ponto de partida para subir os 900 metros de altitude da serra do Encantado
O relevo é ondulado, rico em serras escupidas pela ação dos agentes erosivos ao longo de anos e anos a fio. Toda a Geomorfologia apresenta as marcas dos modeladores de relevo que continuamente e a todo momento atuam nas serras, nas rochas e no solo em um processo contínuo e dinâmico.

Fotos: Cláudio André O Poeta
Textos: José Fábio

Nenhum comentário: