CONVERSA FRANCA: ALEXANDRE PIÚTA ESTRÉIA NO BLOG DO POETA COMO COLUNISTA - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

domingo, 10 de março de 2019

CONVERSA FRANCA: ALEXANDRE PIÚTA ESTRÉIA NO BLOG DO POETA COMO COLUNISTA


Este é o nome da nova coluna que inicio aqui no Blog de “Cláudio André – O Poeta”. 

É mais um espaço para expor um pouco das ideias e posições sobre temas do dia a dia, da política, de economia e de cultura. Discussões como as que tenho feito em publicações meios como o site Brasil 247 de São Paulo, Jornal Gazeta de Alagoas, no Jornal A Gazeta e no Blog JB Notícia aqui da cidade.

Nesse primeiro post o carnaval, com o fim do período de momo no país, neste domingo, com blocos no Recife, Salvador Rio e São Paulo, esta que também virou de vez, terra de axé, frevo e samba, é o tema abordado.

Comércio local e apoiadores garantiram o Carnaval na cidade. 
Este é o ponto positivo a destacar no carnaval de 2019 em Bom Conselho. Empresários e apoiadores juntos garantiram o desfile de blocos da cidade como o Xipê, o Carnaval de Puluca e o Bloco da Virgens. 

A realização do carnaval com financiamento exclusivamente privado aconteceu em decorrência do decreto que anunciou o “Estado de calamidade financeira da Prefeitura” no mês de janeiro, no qual também foi anunciado que não haveria a possibilidade de patrocínios culturais na cidade enquanto durasse o decreto.

O destaque dos desfiles novamente ficou com o Carnaval de Puluca que trouxe um novo super-boneco em homenagem a Luiz Clério, do Jornal “A Gazeta”. A iniciativa é uma marca do bloco a cada desfile, sempre adicionando novo personagem em homenagem a quem contribuiu ou contribui de forma positiva para a cidade. Fato que tem repercutido em todo o Estado e recebido o reconhecimento a ponto de ser incluído no roteiro oficial de carnaval.


Outra vez os blocos encheram a cidade de pessoas, cada um com sua fantasia e disposição para brincar a folia mais popular e democrática do país, o carnaval.



Cancelamento de atrações gera polêmica

Notícia destacada foi o cancelamento de atrações do Bloco Carnaval de Puluca na véspera do desfile, gerando, além do transtorno que quase inviabilizou o desfile, um debate acalorado nas redes sociais e em notas públicas de todas as partes.

Os organizadores do Bloco disseram: “Ontem silenciaram o Maracatu Nação Pernambuco do nosso cortejo de alegria. Silenciaram a Orquestra Paranambuká com seus metais enlouquecedores do bom frevo rasgado de Pernambuco. Apagaram as luzes do nosso palco, para que o Maestro Duda e sua Frevo Orquestra não tocassem seus lindos eternos acordes de frevos.” Isto, mais declarações e posts nas redes sociais, que forçaram, inclusive, o prefeito da cidade a se posicionar
sobre a situação.

O prefeito do município, por sua vez, se posicionou em nota dizendo: “sinto-me na obrigação de esclarecer os fatos narrados de forma desequilibrada, fartamente divulgados por meio da internet. Como representante do povo, sempre me empenhei em ajudar os bonconselheses, em todas as festas, inclusive no Carnaval do Zé Puluca.”

A família do maestro José Duarte Tenório, Zé Puluca, também se posicionou afirmando que "Enquanto a política for entendida como torcida e guerra de bandeiras partidárias, ao estilo do Campeonato Brasileiro de Futebol, pouca coisa podemos esperar a respeito de mudanças por quais a sociedade aspira. Nós não concordamos com isso! Não foi essa a finalidade que nos foi apresentada sobre a proposta do Carnaval de Zé Puluca".

Debate duro dos contendores que, ao fim e ao cabo, não contribui para melhorar o evento que tem crescido a cada ano e que pode colocar definitivamente a nossa cidade no roteiro carnavalesco do Estado. É preciso apaziguar os ânimos e pensar nos benefícios que os desfiles podem trazem para a cidade.


A retomada dos blocos de carnavais parece uma realidade e, se bem administrada, poderá transformar a cidade num polo carnavalesco do Estado. Para perceber isso é simples, basta observar que não existe carnaval na principal cidade da região, Garanhuns, nem nas nossas vizinhas de mesmo porte. A consolidação de um polo significará geração de renda para a cidade.

O cancelamento das atividades na última hora do evento, já que, pelo que se divulgava, tudo estava ajustado com antecedência, precisa ser esclarecido. 

As autoridades estaduais envolvidas devem explicações à população, pois todos tinham expectativas de assistir e participar de uma festa maior ainda, com todas as suas atrações.

Seria importante, por fim, uma posição da Secretária de Cultura do Estado e de órgãos responsáveis pela organização do carnaval para que se acabem dúvidas e disse me disse sobre as razões ou ingerências, se é que houve, que impediram a cidade de ter a festa no seu todo.

NOTA DO BLOG

É com grata satisfação que temos mais um ilustre colunista do naipe de Alexandre Piúta, bonconselhense, cheio de ideais. Seja bem Vindo! Sucesso para você a partir de hoje que integra o blog mai lido da terra de Papacaça e região.

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE