IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DA CIDADE DE ÁGUA BRANCA/AL É DO PERÍODO BARROCO - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DA CIDADE DE ÁGUA BRANCA/AL É DO PERÍODO BARROCO

Sem usar o flash da minha câmera fiz essa imagem
Quem vai a cidade de Água Branca, no sertão de Alagoas, pode ver de perto a beleza da fachada da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, construída no ano de 1871 pelo capitão-mor Joaquim Antônio de Siqueira Torres, Barão de Água Branca.

Usando o flash da minha câmera fiz essa imagem

Água Branca tem na arquitetura antiga um de seus maiores atrativos, apreciada na Igreja Matriz, na Igrejinha do Rosário, no Centro Histórico da Praça da Matriz, na Casa do Barão de Água Branca e no calçamento da Praça Fernandes Lima, Serra do Himalaia.

Dentro da igreja matriz de Água Branca, tem uma pia batismal, que é um vaso ou tanque no interior de uma igreja para o qual se deita a água destinada ao batismo e na qual o candidato ao batismo é imerso ou sobre ela banhado. São geralmente construídas de pedra e, raramente, de metal ou madeira. É quase sempre apoiada sobre um pedestal ou colunas.

Os lustres pendurados no teto Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição da cidade de Água Branca é um espetáculo a parte, diante da beleza existente nesse tipo de acessório.

O confessionário é um estande pequeno e fechado, utilizada apenas para o Sacramento da Confissão. É o local habitual para realizar-se este sacramento na Igreja Católica, mas estruturas semelhantes são também utilizados na Igreja Anglicana, e também na Igreja Luterana.

Somente os nobres assistiam missas nessa parte superior da igreja que é do período Barroco 
Até o século XVII o território de Água Branca fazia parte das sesmarias de Paulo Afonso (BA) que compreendiam, também, os atuais municípios de Mata Grande, Piranhas e Delmiro Gouveia, sendo uma das cidades mais antigas do Estado. Foi denominada Mata Pequena, Matinha de Água Branca, até se tornar o município de Água Branca. 

A matriz de Nossa Senhora da Conceição, uma das mais belas do Brasil; de estilo barroco, foi construída no ano de 1871 - século XIX, pelo Capitão-mor, Joaquim Antônio de Siqueira Torres o Barão de Água Branca, com uma área de 1.100 m².

O nome da cidade de Água Branca veio de uma serra da região, rica em fontes de águas muito limpas. Sua fundação se deve a três irmãos da Família Vieira Sandes, que liderados pelo Capitão Faustino Vieira Sandes, saíram da localidade de Boacica, hoje parte dos municípios de Igreja Nova e Porto Real do Colégio (Vale do Itiúba), para desbravarem o sertão Alagoano.

Veja a beleza arquitetônica da cobertura da igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. O acabamento da pintura mostra que o artista plástico para pintar há mais de 20 metros de altura, precisou de muita habilidade profissional.

Em todos os cantos da igreja matriz da cidade de Água Branca tem imagens de santos por todos os lados, como essa de Cristo e da Virgem Maria.

O altar-mor todo banhado de ouro. Conhecer esse lugar religioso é ao mesmo tempo voltar ao passado e conhecer as histórias que ficaram cravadas no sertão de Alagoas, através de personagens nobres da época.

Algumas imagens foram esculpidas pelo imaginário Antônio Pedro da cidade de Penedo estado de Alagoas. O maior evento cultural / religioso desta cidade acontece no dia 08 de dezembro de cada ano subseqüente (Festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição) e também aniversário do seu benfeitor (Barão de Água Branca).

Os primeiros desbravadores dessas terras foram membros da família Vieira Sandes, oriundos de Itiúba, pequeno povoado próximo a Porto Real do Colégio, em Alagoas. Atraídos pelas riquezas da região, pastagens e fertilidades do solo, o capitão Faustino Vieira Sandes (desbravador do município) com seus irmãos, José Vieira Sandes e João Vieira Sandes arrendaram grande quantidade de terra aos sesmeiros e começaram a explorar a região.

Para adoração do Santíssimo Sacramento, dentro da igreja matriz tem essa capela para que os fieis, devotos, religiosos e comunidade, possam estar mais envolvidos com a oração.

Em 1770 foi construída a primeira Igreja em plena mata, pelo Major Francisco Casado de Melo, equidistante de três núcleos de povoamento: Várzea do Pico, Olaria e Boqueirão, atualmente denominada Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Em 1º de junho de 1864, foi criada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição, subordinada à Diocese de Penedo pela Lei nº 413. Até o século XVII, o território de Água Branca pertencia a Paulo Afonso ( Província de Alagoas) conhecida pela denominação de Mata Grande da qual constituiu-se por muito tempo um distrito judiciário. 

Todos os lustres espalhados em pontos estratégicos da igreja matriz, chamam atenção devido a sua beleza arquitetônica que a igreja apresenta.

À sesmaria de Paulo Afonso conhecida por Mata Grande, pertencia também o território do município de Piranhas, e hoje os atuais municípios de Delmiro Gouveia, Olho D'água do Casado e Pariconha. Em 24 de abril de 1875, o povoado foi emancipado e instituído a Vila de Água Branca. 

Por divergências políticas, a Várzea do Pico, onde se realizava as grandes feiras de gado, foi chamada Vila do Capiá e em 1893 passou a ser sede da vila de Água Branca. Em 1º de junho de 1895 a sede passou definitivamente à Vila de Água Branca. Somente em 02 de junho de 1919, através da Lei nº 805, a vila passa a categoria de cidade de Água Branca.

Com meu amigo e colega de profissão, o radialista Adriano Maciel, conheci o Mirante do Calvário, um dos pontos turísticos mais visitados de Água Branca, que fica a uma altitude de 730 metros acima do nível do mar, o que proporciona uma vista magnifica do entorno da cidade. Ainda no mirante é possível saborear diversos tipos de comidas regionais, que são  comercializadas em alguns quiosques. Mas, a visita noturna foi debaixo de chuva e uma ventania muito forte. Uma experiência incrível.

SAIBA MAIS
Conta a história ainda que a evolução dos municípios do Estado de Alagoas, que teve inicio no ano de 1636, desencadeou-se o processo de independência de vários municípios alagoanos e dentre eles os atuais municípios de Mata Grande, Água Branca, Piranhas, Delmiro Gouveia, Olho D'água do Casado e Pariconha.

Aguardem a próxima reportagem!

PATROCINADORES DESSA REPORTAGEM






DORIEL%2B780X250

Imagem relacionada
BIO%2BNOVO%2B400x400

Resultado de imagem para farmacia fórmula certa

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE