DIA DO RADIALISTA - O QUE COMEMORAR? VIVI OS ANOS DE OURO DO RÁDIO BRASILEIRO, SOU FELIZ - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

DIA DO RADIALISTA - O QUE COMEMORAR? VIVI OS ANOS DE OURO DO RÁDIO BRASILEIRO, SOU FELIZ

O radialista brasileiro tem duas datas para comemorar seu dia, hoje, dia 21 de setembro e no dia 07 de novembro. Essa última data foi criada no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em homenagem ao radialista Ary Barroso. Mas, a data mais comemorativa é essa de hoje.

Nessa foto mostra quando trabalhei na Rádio Sampaio FM de Palmeira dos Índios, agreste de Alagoas, no ano de 1994. Nesse período eu apresentava um programa musical aos finais de semana. 
Nesse tempo, os comerciais eram veiculados em cartuchos e fitas cassetes. Na verdade, comecei a militar no rádio no ano de 1993 na Rádio Novo Nordeste AM de Arapiraca-AL. 
Sou do tempo do vinil, do radinho de pilha, da cartinha cheia de pó enviada pelas ouvintes, da fita cassete, do BTP, do gravador de rolo, da cartucheira, do CD, do MD, da vitrola, da reportagem à pé, já que não era qualquer emissora que tinha carro de reportagem. 
Em 2007 era repórter esportivo pela Rádio Sampaio AM e centorista do CSE. Na ocasião, no Estádio Arnon de Melo em Santana do Ipanema-AL, entrevistei o jogador Fagundes, que hoje mora no distrito de Rainha Isabel, zona rural de Bom Conselho-PE
No rádio fiz reportagem esportiva, plantão esportivo, repórter de campo (pista), repórter policial, noticiarista, redator (época da máquina de datilografia), apresentador-animador, apresentador-noticiarista, operador de áudio, discotecário, cobrador, etc., 
Enfim, hoje, o rádio vive uma nova era, recheado de tecnologia. Fazer rádio nos dias atuais não há tantos sacrifícios. 
Sou feliz por ter vivido tudo isso no rádio. Sou grato ao rádio por tudo que consegui. Pelas amizades e o respeito adquiridos ao longo desses 25 anos de profissão. Parabéns para todos os radialistas do Brasil, especialmente aqueles que viveram a era de ouro do rádio brasileiro. 
Trabalhei em mais de uma dezena emissoras espalhadas em vários estados da Federação. Sou grato a tudo e a todos!

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE