JUSTIÇA CASSA MANDATO DE VEREADOR QUE COMPROU VOTOS POR 20 REAIS - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

domingo, 8 de outubro de 2017

JUSTIÇA CASSA MANDATO DE VEREADOR QUE COMPROU VOTOS POR 20 REAIS

"Duca Pescador" foi eleito com 1.136 votos em Monte Alegre (Foto: Câmara de Vereadores de Monte Alegre).
A Justiça Eleitoral determinou a cassação de mandato e inelegibilidade por oito anos do vereador do PR de Monte Alegre, no oeste do Pará, Manoel Dantas, eleito como “Duca Pescador”. O parlamentar também vai pagar multa no valor de 10.000 Unidades Fiscais de Referência (Ufir’s). Segundo a Justiça, o vereador é acusado de ter comprado votos por R$ 20 e abuso de poder econômico nas eleições de 2016.


Após a abordagem a Robson Luís o delegado efetivou a prisão em flagrante do acusado, além disso, durante a tramitação da fase de apuração, várias testemunhas presenciais relataram fatos de que o vereador “Duca pescador” captou ilicitamente a eleição e abusou de seu poder econômico. Na mesma Ação de Investigação Judicial Eleitoral de Manoel Dantas Vieira, houve também a condenação de Esmeralda Barbosa Pereira que, junto com Robson Luís Magno, agiram para beneficiar o então candidato a vereador.
“Toda a conduta delituosa de Robson Luís não deixa qualquer dúvida da captação ilegal de sufrágio (eleição), bem como o caracterizador do evidente abuso do poder econômico”, frisou o promotor Luciano Costa. O processo referente a Robson Magno foi desmembrado e continua na fase de instrução.
O promotor de justiça Luciano Costa acompanhou o processo até a fase decisória. Atualmente, a ação judicial está sob acompanhamento da atual promotora eleitoral Francisca Paula Morais da Gama, que inseriu embargos de declaração para esclarecer as consequências da anulação dos votos obtidos por Manoel Dantas que o fizeram assumir o cargo de vereador.
Por Oumarizalense

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE