Chesf informa que vazão de Sobradinho permanece sem alteração



A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que a vazão ora praticada no reservatório da Usina Hidrelétrica de Sobradinho permanecerá na média diária de 1.200 metros cúbicos por segundo (m³/s), com perspectiva de ser elevada para 1.600 m³/s a partir da segunda quinzena de julho, podendo haver alteração neste valor em função do processo de otimização energética envolvendo as diversas regiões do País, coordenado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico - ONS.


A vazão foi definida em reunião coordenada pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico – ANA realizada em 05/07/2022, quando também se definiu que a UHE de Xingó, deve permanecer no patamar ora praticado de vazões médias diárias de 1.100 m³/s, com possibilidade de elevação para até 1.600 m³/s, a depender do comportamento da geração eólica e das necessidades de atendimento ao Sistema Interligado Nacional – SIN.

Importante observar que a elevação de vazão registrada recentemente no Baixo São Francisco ocorreu em virtude das chuvas na região situada a jusante da UHE Xingó, não tendo relação, portanto, com a vazão praticada pela referida Usina.

A Chesf reforça ainda a importância para a não ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, visto que em condições emergenciais, a exemplo da necessidade de maximização de geração para atendimento ao SIN, as usinas de Sobradinho e Xingó têm a capacidade de turbinar vazões da ordem de 4.200 m³/s e 3.000 m³/s, respectivamente.

Companhia Hidro Elétrica do São Francisco 

Postar um comentário

0 Comentários