Bottom Article Ad


PERIGO: Criança que teve 40% do corpo queimado após explosão de celular morre no HGE, em Maceió



A menina de 10 anos que teve 40% do corpo queimado em incêndio provocado por explosão de celular morreu na manhã deste domingo (25) no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

Segundo o boletim médico do HGE, a menina G.S.J faleceu às 5h40 deste domingo por causa da complexidade das queimaduras. Ela estava internada no Centro de Tratamento de Queimados desde o dia 15, depois de ser transferida do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

A menina sofreu queimaduras de 2º e 3º graus em 40% do corpo, principalmente nos braços e pernas.

A criança morava em Pão de Açúcar, no interior de Alagoas, e estava internada há 10 dias. Ela e o irmão e 2 anos estavam dormindo quando o celular que estava carregando explodiu e gerou incêndio na casa.

Familiares contaram que a menina tentou proteger o irmão.

O menino de 2 anos continua internado na enfermaria do Hospital de Emergência do Agreste. Ele teve queimaduras no pé e mão esquerdos. O boletim médico mais recente foi divulgado neste domingo.

Por G1 AL 

Postar um comentário

0 Comentários