MANANCIAS ESTÃO SECANDO POR FALTA DE CHUVA EM BOM CONSELHO - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

quarta-feira, 17 de julho de 2019

MANANCIAS ESTÃO SECANDO POR FALTA DE CHUVA EM BOM CONSELHO

A barragem do Torto, localizada na comunidade que recebe o mesmo nome, diante das longas estiagens na região, está praticamente seco, sem água acumulada. Segundo informações de moradores, a barragem do Torto foi construída na década de 70 com o objetivo de saciar a sede dos moradores da região. 

Vejam na foto acima o que ainda resta de água dentro do manancial. Um manancial que no passado muito serviu a população, hoje, passa despercebida a sua importância.

O sítio Torto fica a menos de 05 km do distrito de Logradouro dos Leões, na linha de fronteira com o estado de Alagoas.

Para você, leitor fiel desse blog ter uma ideia, de janeiro até agora, choveu no município de Bom Conselho, apenas 282.8 milímetros de chuva (282 litros d'água por metro quadrado), em quase 06 meses e meio do ano.
Ano passado, 2018,  fechou  com 457 mm. 
Pegue essa centena divida por 12 meses, daí verás se estamos exagerando nessa reportagem.

Perto da gente, bem na divida de AL/PE, temos os municípios de Quebrangulo e Paulo Jacinto, com a média de 878 mm no mesmo período. Quer uma explicação? Simples. Aonde tem DESMATAMENTO, não tem chuva como deveria ter.

Diferentemente da barragem do Torto, a comunidade da Várzea Grande tem o seu manancial com bastante água ainda. Nesse momento, em Bom Conselho, há um inverno verde, apenas a camada do solo tem água, enquanto que em boa parte do município o subsolo está seco, muito seco. No território bonconselhense, há cinco barragens, sendo, quatro de ACUMULAÇÃO e uma de NÍVEL e NENHUMA subterrânea.

Nos últimos dias a cidade de Bom Conselho vem registrando noites e manhãs frias, congelantes, a exemplo de ontem a noite e na manhã dessa quarta-feira, 17/07, onde os termômetros marcaram 13 graus.

E COM RELAÇÃO AS CHUVAS?

Muitas pessoas vão discordar da minha opinião quando cito que os mananciais estão secando por falta de chuva, quando na verdade está chovendo.  O previsto, o necessário, não está chovendo. Particularmente, prefiro que não chova na cidade, mas que a chuva seja intensa na zona rural, no campo...

Porque é lá que o agricultor vive, planta, colhe, produz o alimento que está a nossa mesa, entenderam?

Não vemos políticas públicas para beneficiar o homem do campo. Vemos um assistencialismo inapropriado que não leva ao desenvolvimento. 

Para evitar o êxodo rural é preciso valorizar mais o trabalhador rural, aquele que todos os dias acorda 3, 4 horas da manhã para ir para a roça. É esse pessoal que merece ser valorizado.

Próximo a barragem do sítio Torto encontrei essa beleza natural, a conhecida BELDROEGA. A beldroega ou "Portulaca Oleracea", é uma daquelas plantas que a maioria chama de “mato”. Ela pode aparecer nas cores roxa, amarela e branca.

Dá em qualquer canto, em sol ou sombra, em solo ruim, pedra, areia, tanto faz, em qualquer canto de muro, fundo de quintal, esquina de baldio essa planta dá. 
O gado leiteiro que come essa planta, tanto engorda, como aumenta na produção de leite. Já na culinária, é recomendável usa-la na salada. 

Na  verdade, o meu preparatório para o curso de Geologia vem amadurecendo a cada dia. In loco, estamos conhecendo as formas da terra, como os vales, serras e vários tipos de rochas se formaram ao longo da criação do mundo, além da aula de campo sobre meio ambiente. A região serrana de Bom Conselho vem sendo meu laboratório de conhecimentos.

A cada dia aprendo mais, a cada dia vivo mais, a cada dia é momento de agradecer a Deus por tudo.Não foi atoa que idealizei o projeto POETA VIAGENS  e AVENTURA...

QUER SABER MAIS?
ACESSE

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE