CDL QUESTIONA ALTERAÇÃO DO DIA DA FEIRA PARA A PRÓXIMA SEXTA (por Piúta) - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

quarta-feira, 26 de junho de 2019

CDL QUESTIONA ALTERAÇÃO DO DIA DA FEIRA PARA A PRÓXIMA SEXTA (por Piúta)

Alexandre Piúta

O Clube de Diretores Lojistas de Bom conselho, CDL, divulgou nota questionando a decisão do Governo Municipal de alterar a data da feira pública sem ouvir o segmento varejista do município, veiculada neste blog.

O CDL fala sobre crise financeira que o município e todas as pessoas vivenciam e, também sobre os dois feriados já existentes no mês de junho, situação que, segundo a nota, impacta de forma direta o segmento varejista. 

A nota da representação dos lojistas é bastante dura e chama a atenção para a falta de diálogo antes da implementação de uma decisão que os afeta diretamente. 

Em síntese, diz o texto: “A CDL DE BOM CONSELHO vem a público, repudiar a atitude da PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM CONSELHO, quando sem consultar o setor produtivo de nossa cidade, resolveu mudar a feira de SÁBADO para a SEXTA-FEIRA”, “A crise que passa o nosso município, que afeta diretamente o nosso comércio, não foi levado em consideração pela a administração municipal”.  

“Este mês de junho tivemos os dias 20 E 24 feriados e agora também dia 29. Atitude como esta mostra a falta de respeito dos que governam nosso município com a classe produtora e trabalhadora de BOM CONSELHO”, conclui a nota distribuída à imprensa local.

Em que pese o tom da nota do CDL, os empresários do setor têm razão, pois a crise financeira da cidade foi reconhecida e anunciado pela própria prefeitura recentemente, quando declarou Estado de Calamidade Financeira no início do ano. 

Naquela oportunidade, houve inclusive a suspensão de pagamento de salários a segmento de trabalhadores da prefeitura para, segundo o decreto, reequilibrar as contas do município. 

Medidas que, por certo, geraram consequências para setores como comércio e serviços em decorrência da redução de recursos que afetou também boa parte da população da cidade. 

Alterações de calendários e regras já estabelecidos são mais compreendidas quando há discussão entre todos os envolvidos. O que, segundo a nota do CDL, não aconteceu na decisão de alterar dia da feira da cidade. Sobre o tema fica a reflexão para os tomam decisões como essa. 

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE