BOM CONSELHO: HISTÓRIAS, LENDAS, CAUSOS E A CAVERNA DOS HOLANDESES - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

quarta-feira, 5 de junho de 2019

BOM CONSELHO: HISTÓRIAS, LENDAS, CAUSOS E A CAVERNA DOS HOLANDESES

As referências históricas da relação do município de Bom Conselho com a presença holandesa na cidade vão desde arquitetura até religião e turismo ao ecoturismo, que não é explorado. 

Um dos locais que tem potencial turístico é a Caverna dos Holandeses, que está dentro de uma propriedade privada. O certo é ir acompanhado com alguém que conheça a região. A Caverna tem várias cavidades que servem de gruta, que segundo relatos históricos, serviu de abrigo para os holandeses no período de 1630 a 1654.


Eu estive lá, desbravei a região para conhecer a caverna. No ponto de entrada da caverna, marca-se 884 metros de altitude, uma dos locais mais altos do município e uma vista panorâmica sensacional.

Uma das cavidades feitas pelos escravos que eram escravizados pelos holandeses.

Somente após o fim da República dos Quilombos, já no ano de 1696 é que começou a organização das fazendas (já sem conflitos), houve a fundação da fazenda Papacaça e o povoamento foi aumentando que somente em 1860, Bom Conselho se tornou Vila de Papacaça, há exatos 159 anos.



Os quilombolas viviam em lugares feitos por eles (cavernas, mata, etc). Na época, a intenção dos holandeses, de maneira especial, era caçar ouro na região, mas, o obstáculo eram os escravos – quilombolas que se revoltaram contra eles.

Os quilombolas viviam em tribos e começaram a lutar pela liberdade deles. Os holandeses queriam faze-los escravos, daí a revolta. O confronto sangrento se deu nessa serra que no ano de 1645 era de muita mata fechada. Não relatos de quantos holandeses e quilombolas foram mortos, sabe-se que a confronto foi no tiro e na espada, arma branca usada pelos holandeses nos navios.

Aos poucos estamos conhecendo in loco locais que serviram de ponto de partida para se criar toda a história dos antepassados que viveram em Bom Conselho, antes mesmo de se tornar na vila de Papacaça.

O maior corredor na caverna chega a 06 metros de comprimento e o meno a 04 metros. Tem um dos buracos escavado que tem a profundidade de mais de 4 metros e uma altura de 11 metros. Enfim, o motivo da escavação foi justamente de fugir, de se esconder do fogo inimigo. Imagine que naquele período, século XVII, tudo era mata fechada, somente que iria chegar lá quem tinha descoberto o local exato para esconderijo.

A história não diz quanto tempo os escravos para fazer as escavações sob a custódia dos holandeses, já que os mesmo os escravizavam. Apenas, se confirma que por 24 anos, holandeses e portugueses estiveram em Pernambuco. O buraco do Bulandim ou Caverna dos Holandeses, diz certos relatos que só foi descoberto no ano de 1855, quando um estrangeiro veio com um mapa na mão a procura do tesouro escondido na serra...

Quando estive subindo a serra Encantada para chegar na caverna dos Holandeses...
Enfim, os séculos se passaram, fica na imaginação dos bonconselhenses, lendas, causos, relatos históricos, sobre o lugar que ainda é tido como serra dos Encantos, serra Encantada, buraco dos Holandeses, etc.

Em breve estaremos outras reportagens de outros locais que não deu tempo de conhecer que são poucos explorados e quase ninguém conhece... 
Aguarde.


 PATROCÍNIO










Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE