UM BASTA DE INJUSTIÇAS COM OS MÉDICOS CUBANOS - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

DISTRIBUIDORA SÃO MARCOS - A Nº 1 DE BOM CONSELHO

sábado, 9 de fevereiro de 2019

UM BASTA DE INJUSTIÇAS COM OS MÉDICOS CUBANOS


Até quando vamos continuar com as injustiças com os médicos cubanos que vivem no Brasil, por que somos diferentes dos médicos brasileiros?
Para Deus, não somos todos iguais?
Por que tal crueldade e humilhação por nossa origem cubana? Todos somos médicos formados apenas em diferentes instituições.
Nunca imaginamos que no Brasil escolhido para viver por muitos cubanos os governantes nos tratariam desta forma, já que sempre compartilhamos do nosso melhor com o povo brasileiro, oferecendo uma medicina diferenciada pelo amor e pela escuta, com uma propedêutica médica que apalpa o paciente, que acolhe e se sensibiliza com ele a ponto de não precisar, muitas vezes, receitar um Diazepam porque com uma boa acolhida o paciente que entra triste ao consultório, sai feliz.
Relatamos aqui as desigualdades de tratamento que viemos recebendo durante todo o período aqui no Brasil:
1 – Os médicos do Programa Mais Médicos (PMM) brasileiros formados no exterior e os estrangeiros tiveram a oportunidade de vir ao Brasil com sua
família. Os cubanos NÃO.
2 – Todos os médicos do PMM receberam bolsa de auxilio integral. Os cubanos
NÃO.
3 – A todos os médicos do PMM foi dada a oportunidade de renovar seus
contratos. Aos cubanos NÃO.
4 – Em 14 de novembro deste ano repentinamente o PMM foi interrompido
para todos os médicos cubanos no Brasil.
Os médicos cubanos não tivemos a oportunidade de escolher continuar trabalhando até o fim dos contratos ou de retornar à pátria. Fomos obrigados a voltar de uma forma rápida e humilhante, trazendo prejuízo para o povo brasileiro que ficou sem atendimento e para nos mesmos, perdendo nossos bens aqui adquiridos porque não dá tempo de vender nada e não temos dinheiro para pagar o transporte.
5 – Foi publicado um Edital para que médicos brasileiros ou com CRM pudessem substituir aos médicos cubanos. Situação extremamente penosa pois os médicos cubanos ainda estavam trabalhando, não desejamos que ninguém perca seu trabalho, seu sustento, dessa maneira. Fomos forçados a abandonar nosso trabalho.
Ficamos tudo este tempo no aguardo de uma portaria, com promessas feitas por a nova secretaria do PMM, com nossa possível reinserção no PMM e assim poder nos preparar pra o exame do revalida, ficarmos confiantes e acreditamos porque o Brasil precisa de todo tipo de ajuda médica, e nós amamos nossa profissão, mais uma vez nosso sonho voltou-se pesadelo! 
A poucos dias sabíamos que o ministério não iria fazer nada por nós, que não iria a oferecer a ajuda que tanto falaram, o edital ia ser encerrado em quanto os colegas médicos brasileiros no exterior escolheram suas vagas, com a justificativa de que todas as vagas foram preenchidas! 
E o Brasil precisando, nosso povo precisando de atenção médica, nós somos mais de 2 mil médicos cubanos que decidimos ficar no Brasil, adotar este país como nossa segunda pátria! Com muito amor e forças para voltar a fazer o que mais amamos! Levar salude para todos! E agora como nos encontrarmos? Em uma grande crise, sem emprego, com dificuldades para satisfazer as necessidades mais vitais, com família e filhos pequenos, jogados na sorte, agradecendo a imensa ajuda que nos dão aqueles que faz 3 meses foram nossos queridos pacientes
Em resumo: Os médicos cubanos se encontram à graça da misericórdia divina.
Fazemos um apelo ao povo brasileiro e cristão, ao povo que espera Jesus voltar, ao povo que sofre como nos e que tem sentimentos para que façam por nos uma GRANDE CORRENTE DE ORAÇÃO, para que haja uma solução justa para todos, para que não sejamos abandonados, para que as humilhações não se
perpetuem.

PEDIMOS UM BASTA DE INJUSTIÇAS COM OS MÉDICOS CUBANOS.
SAIBAM que servimos ao mesmo Deus que não quer distinção entre os homens.
SAIBAM que podem contar com nossa medicina praticada com amor em qualquer canto do Brasil, sim estamos dispostos a ficar trabalhando em  qualquer lugar não importando o salário. 
SAIBAM que escolhemos viver aqui porque amamos o povo e sua cultura. Deus abençoe todo o povo brasileiro e todos os povos do mundo.
Muito obrigado!
Carta em nome dos médicos cubanos que escolheram Brasil como sua Casa.

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE